1 de junho de 2012

Cry the pain away

"A depender de mim
Os psicanalistas estão fritos
Eu mesmo é que resolvo os meus conflitos
Com aspirina amor ou com cachaça
Os gritos todos virarão fumaça
A dor é coisa que dói e que passa
Curar feridas, só o tempo há de fazer
Toda regra para o bem da humanidade,
É certo necessita de uma exceção."


"Mais um dia cinza em São Paulo, essa noite não tem lua, eu sei porque vi com meus olhos... Chove lá fora qual chuva dentro do meu coração. Sinto a tristeza caindo em pingos de dor, solidão... É ruim ter tanto amor sendo só, o sol não ousa nem chegar! E só Deus pode me consolar dessa dor.

Ah! Como você foi ruim! Nem meu pranto fez você ficar, nem a chuva fez você voltar! Não quero medir a altura do tombo, nem passar agosto esperando setembro...

Pra onde vai nosso amor, nossa sede? Há tempos que pergunto isto, nem mesmo Jesus Cristo pendurado na parede saberia a resposta!

Você não crê em amor nem paixão, faz pouco caso do meu coração, não diz que sim mas também não diz que não. Eu ligo o rádio pra te esquecer, mas tudo ali me lembra você... Também vou fazer canções de amor pra vender, afinal igual a mim, quanto trouxa que tem que se apaixona e chora também?

Você quer ser o meu mal, mas sabe que podia ser meu bem. Me trate como eu mereço, me farte sem que eu peça, me afague pra que eu cresça, esqueça da minha febre, me guarde louça pra que eu não quebre...

A felicidade é uma coisa tão difícil, mas tão difícil de conseguir! Mas de vez em quando ela chega, quando menos se espera, quando nada se espera!
Ela vem e fica um pouco aqui comigo, por algumas horas, minutos, segundos... Felicidade não existe, só momentos felizes, no mais são cruzes e crises.


Sempre que eu tô feliz logo vem um infeliz se fingindo de amigo, querendo apagar o meu sorriso

Já tenho quase tudo que me basta, agora só me falta aprender o silêncio."

PS: Esse texto é uma adaptação, ou compilação feita por mim, de vários textos do compositor Zeca Baleiro, juntando tudo deu o que to sentindo hoje.

Abraços

Ludmila

2 comentários:

  1. Não se sinta assim, não vale a pena por pucas coisas!!
    Você merece tudo e muito mais!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, eu mereço mesmo, só que ainda não chegou minha vez!

    ResponderExcluir

Oba! Adoro quando você comenta!