31 de julho de 2012

Uma dorzinha chata

Gente, já pesquisei e não achei nada que esclarecesse o que to sentindo, vou tentar explicar

Sabe quando voce está com infecção urinária, e ao urinar sente aquela pontada no pé da barriga e no canal, como se tivesse uma agulha saindo por ele?

 (pra quem se lembra, Paul Edgecomb, em À espera de um milagre, to assim)

To sentindo isso, só que SEM URINAR!

Algumas pessoas disseram que pode ser o Vic se encaixando (mas já? nããão pode ser! Ainda faltam 2 meses!!!)

Se for isso, ele está abrindo caminho com um canivete, só pode!

À noite, é a Odisséia né? Não pára de mexer nem um segundo, tá ficando dificil de dormir

As que já são mães vão pensar: coitada, imagina o parto, como vai ser!

Mas o fato é que tá meio incomodo mesmo!

Beijinhos a todos!

PS: estou melhor do que de manhã, só com tontura e dor de cabeça

Idéias mudam


Como uma boa mãe moderna, a internet é uma grande aliada da minha vida, é aqui que tiro dúvidas, me divirto, me distraio, trabalho... Eu encontrei nesse mundo virtual muitas inspirações, descartei muitas dúvidas, fiz amigos, resolvi problemas e achei novas soluções.

Mas, ultimamente, eu tenho sentindo que também tem um lado negro da força. Vou explicar: às vezes, os blogs fazem a gente se sentir mal. Não basta a gente se bater todo dia achando que é uma péssima mãe, que só faz as coisas erradas, a internet também pode fazer isso por você.

Você teve um parto normal maravilhoso dos seus sonhos? Outras milhões de brasileiras não. Você é casada e vive um conto de fadas em que seu príncipe pinta o quartinho do bebê com tinta da cor dos seus olhos? Eu não.

Não me entendam mal. A recalcada sou eu. Cada um tem o direito de escrever sobre o que quer e como quer, e acho super válido incentivar coisas boas e positivas.

A pressão vem dos outros, do mundo, dos parentes (principalmente), nossa e agora até da internet?

Tudo isso me fez pensar sobre o blog e o que eu escrevo aqui. E me deu um desânimozinho. Será que eu faço outras mães se sentirem mal? Talvez sim. E os meus leitores? Será que se cansam, se enraivecem com algo que eu escrevi?

E é exatamente por isso, que quer queria esclarecer: estou aqui, ainda tentando não me afogar nesse mar que é a maternidade e nas tristezas que são a vida de uma mãe solteira.

Eu faço o que eu posso para dar o melhor começo de vida que o Victor poderia ter. Erro muito? Sim, e todo dia me é jogado na cara uma escolha que eu fiz, como se fosse definitivo. As coisas não são do jeito que eu queria que fossem... Eu engravidei, nao casei porque não queria passar por dificuldades financeiras, mas quero dizer a todos que as coisas se ajeitam, e podar minha felicidade, que já é escassa, é maldade.

A verdade é que não existe o modelo de família perfeita, antigamente a família era matrimonializada e patriarcal, com predomínio do homem, chefe da família. Colocada estava a supremacia do homem na relação conjugal. Na antiga família, os laços de sangue eram mais importantes e o interesse econômico prevalecia sobre os vínculos do amor. A realidade das famílias modernas esboçou uma revolução em sua organização, enfraqueceu o autoritarismo do pai ao tempo que a mãe deixou o fogão para concorrer com os homens no mercado de trabalho.

Com isso vieram as mães solteiras, os pais solteiros, os casais que criam filhos separados, e os que só vão se juntar quando estiverem em condições. Existem as crianças criadas pelos avós, pela creche...
Não sei se existe fórmula certa, acho que existem caminhos e cada um escolhe o que quer seguir, o que eu espero é saber quando eu estou fazendo a coisa errada, não quero ficar cega para receber uma outra opinião ou ver uma nova solução.

Acho que é isso, minha gente, só um desabafinho. Voltarei outra hora com os velhos posts engraçados "pra inglês ver".

Fonte: http://www.juonline.com.br/index.php/opiniao/25.06.2009/aspectos-da-familia-moderna/1f34




30 de julho de 2012

Fds cool

Corridos esses ultimos tres dias, vou tentar resumir! Ah, e bom dia, rs "scusi"

Na sexta feira, acordei relativamente cedo, 8h da manhã, pra tentar domar os cachos (ohh modéstia) e a chapinha só parou de correr 11h da manhã, então por esse tempo vocês podem imaginar como estava a situação dos cabelos....
Fui ao posto de saúde, levei uma canseirinha, porque a vacina não era lá, era na maternidade, me desloquei até a maternidade que mais me pareceu um necrotério (se algum político, candidato a vereador do face, etc ler esse blog, por favor hein, dêem uma atençãozinha pras paredes mofadas, pro berçário podre, e pro chão encardido do hospital municipal de Mongaguá)

A vacina foi na bunda, mas nem doeu, quando acabou, fiquei com aquela cara de "já acabou?" quase pedi outra, pq pra mim, injeção eficaz é aquela que dói! rsrsrs


Enfim... depois fui ao Dr. Humberto, que tirou fotos da minha barriga (esse Doc é aquele, cirurgião plástico que eu comentei em outro post)

Renovei meu plano de saúde do APAS (vulgo Cruz Azul)

E fim da sexta

No sábado....

Henrique me ligou de manhã pra dizer que não queria ir na minha casa, eu disse que tudo bem, e dez minutos depois ele ligou dizendo que tava indo, ou seja, como sempre ele sendo bipolar. Ta aí um dos motivos de eu ter dado um pé na bunda dele, entre outros.

Ele chegou, pegamos a máquina e fomos pra pracinha do centro da minha cidade tirar umas fotos dos meus 6 meses de gestação:








Devo citar que tive que ameaçá-lo pra conseguir as fotos? O cara não participa de nada!

Domingo? Hummm, também nao fiz nada durante o dia, pois meu primo, esposa e filhos (um fora e um dentro da barriga da Cris, ela tem a mesma IG que eu) almoçaram lá, e assim passamos à tarde

À noite fomos visitar uma amiga da minha mãe que vai fazer a decoração do meu chae, e combinamos tudo que íamos acertar

Mais tarde eu e mamãe fizemos contas, e vimos que metade do combinado terá que ser deixado de lado rsrsrs

Bom, that´s all!

Beijos e boa semana, para todos

Ps: Vic está aprendendo a jogar dardos, agora

26 de julho de 2012

27 semanas

Bom dia a todos! Mais uma semaninha vencida e nesse aniversário também estamos comemorando 6 meses do meu fofucho!




Agora que me aproximo da fase final da gravidez - o terceiro trimestre, que medo - meu Vic começa a preencher todo o espaço disponível dentro do útero. Isso está se tornando muito visível pra mim, porque os movimentos em ondas, e os chutes fortes às vezes me assustam, outras vezes me encantam!


Ele já abre e fecha os olhos, dorme e acorda em intervalos regulares e pode chupar o dedo. Embora ainda estejam imaturos, os pulmões do seu filho são capazes de funcionar com ajuda médica, se por acaso ele nascer antes da hora.

O útero já está lá em cima, perto das costelas, e, segundo o BBC, estou prestes a descobrir a delícia que é ter cãibras, hemorróidas ou varizes. (Se serve de consolo, essas coisas normalmente vão embora depois do parto.)


Pronunciamento: Caibras já senti várias... Hemorróidas? Meu coo vai muito bem, obrigada! A hemorróida saiu pelo umbigo mesmo! e Varizes, bom, eu ja tinha uns vasinhos, então nao reparei nenhuma mudança...




Olha isso: "Se você está se sentindo cansada demais, talvez seu médico sugira um novo exame de sangue para ver se você está com anemia"  AGORA TUDO FICOU CLARO PRA MIM! Ele ja pediu os exames, que coisa!

Desejos de comida

"Escute seu corpo: muitas vezes os desejos acontecem como uma espécie de sinal do organismo sobre alguma carência alimentar."


A pétala to esperando até hoje! O fígado diz a lenda que virá neste sábado!
Claro que isso se aplica a alimentos e não terra, tabaco ou pintura seca, sintomas de um transtorno alimentar que afeta mulheres grávidas conhecido como pica. Neste caso, converse com seu médico.



Perae, pausa para o choque pela palavra! 





PICA? Como assim? Então o desejo por pétalas chama "pica"? Desisto da petala!

Depois dessa, fim do tópico!

Beijos,


Tu vens

A musica que escolhi pro Victor:


Anunciação

Alceu Valença

Na bruma leve das paixões que vêm de dentro
Tu vens chegando prá brincar no meu quintal
No teu cavalo, peito nu, cabelo ao vento
E o sol quarando nossas roupas no varal...

Tu vens, tu vens, eu já escuto os teus sinais
A voz do anjo sussurrou no meu ouvido
Eu não duvido, já escuto os teus sinais
Que tu virias numa manhã de domingo
Eu te anuncio nos sinos das catedrais...

25 de julho de 2012

Assuntinhos

Boa tarde!

Demorei de tanto cansaço que tô! Eu estou tão, mas tão, mas tão morta viva, que se caminhar pela cracolândia sou confundida com uma viciada e vou presa!!! (Isso me lembra essa notícia: http://www.g17.com.br/noticia/tragedia/viciado-em-resident-evil-mata-14-drogados-na-cracolandia-pensando-que-eram-zumbis.html)


As novidades de hoje:

- Criei um selo pra presentear os blogs que mais acesso, mas ainda não sei muito bem como funciona então fica lá por enquanto, na abinha selos, logo aqui em cima

- O max chegou na mansão pra salvar a Carminha da humilhação

- Hoje comi muito no almoço e agora estou com fome, vontade de comer pão de fôrma com patê de atum

Onde eu vou parar desse jeito?

To querendo chorar de cansaço e de feiúra!

Quero dormir, só umas horinhas, assim paro de comer!

Alguém segura minha barriga um pouco? Vou ali comprar cigarros e volto já!

Bjs e até amanha...


24 de julho de 2012

Plágio

Na verdade não é plágio, porque vou citar a fonte, mas olha que legal esse texto que encontrei em um blog (Diário de um grávido):

Uma bebê é como uma planta, exceto que não combate zumbis.

Você tem que regar bastante mas não demais, pra não afogar.
Você tem que conversar sem esperar resposta, mesmo que te achem louco.
Você tem que evitar que seja esburacada por bichos.
Sua vida envolve lidar com adubo.

mas olha como é legal:
Tinha uma sementinha com peso insignificante que morava no meu saco.
Nove meses depois disso aparece um brotinho barulhento de quase três quilos.
Em menos de um ano ela triplica de peso e vira uma linda flor.
E florzinha, às vésperas de completar onze meses, aprendeu a dar abraço!
Dá vontade de chorar de tão bom que é…


Fonte: http://diariogravido.blogspot.com.br/

O saco já está cheio, a odisséia noturna

Não aguento mais trabalhar, não aguento mais as pessoas chamando meu nome, to com sono, to cansada, to com azia, to com a perna inchada, e to pobre


Ah, os meus tornozelos... Tenho pena de vê-los assim: tão inchados e envergonhados de sua situação. Gostaria de afagá-los, massageá-los ou simplesmente espalhar sobre eles um pouco de creme hidratante. Mas faz tempo que não os alcanço! E olha que só tenho 6 meses de gestação, e vendo as fotos do blog da Ana Raquel, vejo que minha pança ainda há de crescer muito!

Eu queria pegar minha bolsa e sair do escritório, ir pra casa, trancar a porta e dormir até semana que vem! Tô num tédio de dar raiva, e medo a quem se aproxima de mim...


Morro por um atestado médico, to quase indo comprar um na praça da Sé!




Dei uma olhada no meu cartão de pré natal, e vi que amanhã completo 6 meses de gestação, com uma azia que parece não me abandonar NUNCA!

Sobre minhas noites:

Pego meu jantar, já na primeira garfada ouço um "calma gordinha, respira" e penso: eu deveria passar fome, para que meu neném nasca magro como as crianças da Africa e eu fique esbelta?

Meu humor nao muda, pois acabo o prato e a azia já me invade, tudo bem, grávidas têm refluxo, mas arrotar ácido a cada 2 minutos não é nada agradável!

Aguento o máximo que posso assistindo novela, sentada, como o médico me recomendou, e finalmente me recolho ao sono reparador.... ou não.

Música de ninar. Aquela clássica de móbile. Essa é a música que toca dentro da minha cabeça quando acordo todas as noites, sem excessão, às duas da manhã. Parece uma maldição, deve ter alguma coisa que é acionada dentro de mim quando dá esse horário da madrugada. enquanto todos na minha casa dormem o sono dos justos, me sinto como uma alma penada tamanho GG.

Em vez de correntes, arrasto meu corpo pra fora da cama, pra clássica urinada matinal, na tentativa de voltar a dormir sem desconfortos. Canso logo do frio e da dor nas costas e deito de novo. Mas os pensamentos vêm todos de uma só vez até a minha cabeça.

Primeiro penso no parto. Depois lembro da hérnia, Quando será? Como será? Vai doer? Estarei sozinha? Saberei que é a hora? Vai correr tudo bem? Meu bebê será perfeito? Saberei cuidar dele?  Eu não devia ter comido dois sundaes no almoço... Ele vai ter cólicas porque eu tomei refrigerante? Como é mesmo que limpa o saquinho do bebê? Ainda bem que não é menina, todo mundo fala que limpar pererequinha é mais complicado. Eu derrubo tudo no chão, como é que vou segurar uma coisinha tão pequena e frágil? Que vontade de comer fígado…aff…são 3h da manhã já… vai dormir Ludmila!!! Olha esses pés…olha esses pés… Ai, uma pontada, será que é braxton… ah…era um pum…

image

Me lembro do ex namorado…ainda bem que eu não casei com ele, já pensou que bosta que seria? Quando será que vou fazer sexo de novo? Será que ele vai ter alguma alergia? Será que ele é cabeludo? Ludmila, voce precisa dormir! Será que eu aguento minhas "tetas" rachando na amamentação? Meu Deus, 4 horas da manhã! Não vou conseguir levantar pra trabalhar!!! Pensamento positivo…pensamento positivo…se concentra, só pensa em coisas boas para atrair coisas boas…

Meu Deus, vou dormir, não aguento mais essas costas! Que saudade eu vou ter desta barriga. Olha esses pés!!! Acho que vou dar uma olhadinha no facebook! Será que ele vai ter cólicas? Como é mesmo que limpa o umbiguinho?

Aproveito para namorar minha barriga e observá-la atentamente. Digo o tempo todo ao bebê o quanto ele é amado, querido, planejado, esperado, idolatrado-salve-salve.

Finalmente, adormeço, quando prego os olhos....

"When you're alone and life is making you lonely, You can always go downtown"

Meu despertador, 5h10 da manhã, hora de ir trabalhar!

Tenho uma vida ótima, não tenho?

Medo da hérnia

Gente, por mais que dois médicos tenham me dito que é possível ter PN com uma hérnia umbilical, não sei não, eu to com medo de fazer força, e dar problema, mas ao mesmo tempo não queria fazer PC por causa da recuperação!

Alguem sabe de casos de PN com hérnia?

O que vocês fariam?

To triste com isso, acho que vou consultar outros médicos

Beijos e bom dia a todos

23 de julho de 2012

Consulta 6 meses

Boa tarde, mas só para aqueles que tem liberdade de internet no serviço.... :-(

Hoje tive a consulta esclarecedora com meu medico Baruki, vamos ao saldo:

Vi as costelinhas do Vic, tá tudo tão definidinho que parece que vai nascer! Tirei a dúvida, a cabeça está do lado direito!

O médico me liberou a mylanta plus pra azia e disse que nao posso comer e dormir, tem que esperar 3h, pq gravida tem refluxo, e comer pra deitar em seguida, derrete a goela mesmo! Ou seja, meus "pobremas" se acabaram!

Sobre a hérnia, ele disse que posso ter PN normalmente, pq o utero está entre a hérnia, e um tal de "braço" que é o que torna a hérnia perigosa, mas mesmo assim, to achando que agora quero cesárea, to com medo!

De resto, passou mais exames de sangue, o tal doppler, e a vacina que vou tomar na sexta feira

Ah, e pasmem! Levei um sebinho, pq engordei 3kg kkkkkk ele disse "é bom maneirar na comida um pouco ta?" mas ele é tão bonzinho que nem brigou, só alertou


Ou seja, adeus meu sorvetinho de cada dia!

De resto, meus dias estão muito chatos, porque o TI da empresa que trabalho bloqueou meu acesso à todos os sites "lecais" tipo BBC, este blog e meu email

Mas prometo entrar à noite, e sempre atualizar este blog!!!

Beijos,

20 de julho de 2012

Feliz dia do amigo!!!

Ah, novidade, ela vai postar a música do Toy Story!!!


Amigo estou aqui
Se a fase é ruim
E são tantos problemas que não tem fim
Não se esqueça que ouviu de mim
Amigo estou aqui
Amigo estou aqui
Os seus problemas são meus também
E isso eu faço por você e mais ninguém
O que eu quero é ver o seu bem
Amigo estou aqui
Os outros podem ser até bem melhores do que eu
Bons brinquedos são
Porém, amigo seu é coisa séria
Pois é opção do coração (viu?)

O tempo vai passar
Os anos vão confirmar
Às três palavras que eu proferi
Amigo estou aqui

Presente da tia Pat

Porta fraldas:


Coisa mais linda, o primeiro objeto de Toy Story que ele ganha pro quartinho lindo dele!

Sonho

Eu tive esse sonha na semana passada, na verdade, mas esqueci de contar

No sonho, o Victor tinha uns dois anos de idade, eu estava vestindo ele, e mostrei duas camisetas pra ele escolher qual ele queria usar.
Agitei as duas na frente dele, e ele apontou para a camiseta que era a que eu não queria que ele escolhesse.
Eu disse: "Ah não filho, olha essa outra que bonita, e vêm com pirulitos grátis!"

PIRULITOSGRÁTISPIRULITOSGRÁTISPIRULITOSGRÁTISPIRULITOSGRÁTIS
PIRULITOSGRÁTISPIRULITOSGRÁTISPIRULITOSGRÁTISPIRULITOSGRÁTIS
PIRULITOSGRÁTISPIRULITOSGRÁTISPIRULITOSGRÁTISPIRULITOSGRÁTIS
PIRULITOSGRÁTISPIRULITOSGRÁTISPIRULITOSGRÁTISPIRULITOSGRÁTIS
PIRULITOSGRÁTISPIRULITOSGRÁTISPIRULITOSGRÁTISPIRULITOSGRÁTIS

Nem nasceu e já to comprando ele com doces!!!!

Mães me apedrejando em 3...2...1

Lendo o jornal de ontem

Bom dia pípow! rsrsrs

Vou contar a odisséia de ontem, já que cheguei tão nervosa que esqueci de postar, esqueci de imprimir a historinha pra ler pro meu bebê, etc esqueci ate o meu nome!

Bom, 09h30 da manha de ontem, a Agna me ouviu comentando que ia no Dr. Baruki às 10h e tentou me alertar que ele tinha quebrado o braço, mas como eu estava no telefone, nao dei atenção e acabei indo assim mesmo....

Chegando lá, nao tinha ninguem, só o psiquiatra que atende no consultório ao lado, de repente chega a recepcionista:

"Oi, voce quer falar comigo?"
Eu "Não, com o Dr. Baruki, tenho consulta"
Ela: "Ahh mas o Dr. Baruki se machucou e fez uma cirurgia no braço, nós ligamos para todas as pacientes pra avisar"
Eu, já meio arreganhando os dentes "Menos pra mim né"

No que ela abriu o caderninho e consultou meu nome, disse "Ah, verdade, com você nós não conseguimos falar!

ISSO PORQUE ELA TEM TRES TELEFONES MEUS, PARA CONTATO!!!


Logo ontem, que eu tinha tanta coisa pra perguntar!

Remarquei pra segunda feira, e agora com dúvidas triplicadas (já chego lá)

Nessa consulta o pai do Victor, Henrique, estava junto.

Well, vamos prosseguir com a história... Me despedi do Henrique, e encontrei a Pat para irmos juntas ao Dr. Humberto...

Chegando lá, ainda tinha uma mocinha na minha frente, na hora que ela saiu da sala dele, ele disse; "E cuidado porque silicone é um baita afrodisíaco, aumenta a fertilidade! Olha minha amiga aí, 1 ano de silicone e 5 meses de gestação" hahahahaha ele é um barato, é meu médico preferido!

A minha mãe costuma dizer que as mulheres vêem o Dr. Humberto e ja querem tirar a roupa, e é verdade! Já cheguei querendo mostrar os peitos, pq to muito insatisfeita com o formato e a cor atuais dele, e quis que ele desse uma olhada nas minhas próteses...


Apalpa daqui, apalpa dali "Tá tudo certo com elas, tá assim porque voce está produzindo leite, e a aureola muda a pigmentação, o tamanho e etc, mas nao deixe de hidratar, como eu te falei, por causa das estrias!"

Aí resolveu que queria ver minha barriga também (aproveitei pra perguntar se ele podia tirar as verruguinhas com o bisturi ali mesmo, pá pum, ele nao quis :-( )

Viu o meu umbigo protuberante, apertou o dedo e soltou a bomba: "Tem uma hérnia aqui"

Como assim dotô? que hérnia? qq isso?                                                    

ele disse que é normal o umbigo estufar, mas que além do estufamento tnha uma hérnia, e era bom eu parar de me esforçar

Fiquei tão pasma que nao perguntei mais nada, só foi cair a ficha na volta, no metrô

Aí mandei msg para a Amarela Camila, e ela pesquisou no Google o seguinte:

"É a protusão, ou seja, o escape parcial ou total de um ou mais órgãos por um orifício que se abriu por má formação ou enfraquecimento nas camadas de tecido protetoras dos órgãos internos do abdomen"

Ou seja, to com um buraco no bucho, que se fizer força, meus órgaos vão sair pra fora, quisá meu filho tb!


A segunda conclusao que eu tirei foi: Se eu não posso fazer força, então adeus parto normal, certo?

Terceira conclusão: Terei a cicatriz dos silicones, uma no umbigo para a cirurgia da hérnia, e uma no pé da barriga tipo uma linha. Aí terei que tatuar um smile pra ficar uma carinha feliz!


Que merda né? Não tem graça!

Liguei pra minha mãe, ela já recebeu a noticia com aquela voz de enterro, meu pai soltou um "put a keep are you" e eu fiquei com cara de cú até terminar o dia!

That´s all folks

Agora só esperar pela segunda feira pra falar com o Baruki sobre isso também!

Beijos

19 de julho de 2012

26 semanas

Bom dia!

Uma rapidinha aqui pra contar que hoje little Vic está fazendo aniversário de semanas.

Bom, hoje terei uma consulta, onde o médico deve pedir mais exames, tomara que ele não peça o de diabetes gestacional, já quero vomitar só de pensar!

A novidade é que o Henrique vai comigo dessa vez, acabou de me ligar dizendo que vai me esperar no metrô, e hoje eu finalmente descubro pra que lado está a cabeça!

Também vou dar uma passada no Dr. Ray Humberto, pra ele ver como está minha prótese, e vou tentar me livrar das verrugas do meu umbigo, rá!

Beijinhos, e mais tarde volto pra contar tudo

18 de julho de 2012

Linha nigra, que é rosa

Olá people!

Estou com vontade de contar essa novidade já tem alguns dias, é que eu tava lavando com cloro, cândida, e bucha vegetal pra ver se saía, mas não, tá só aumentando!

Novo design da minha barriga:


Legenda: O circulo menor no centro é meu umbigo, com duas, eu disse DUAS verruguinhas dentro! e a linha nigra, que antes estava só abaixo do umbigo, agora está subindo pelo abdomen em direção aos seios! A linha menor azul, é a entrada de cd player, digo, o furo do meu piercing, que está ficando largo a cada dia que se passa!

Nem vou comentar das verrugas, e não riam de mim, você pode ter uma ou duas verrugas dentro do seu umbigo, só não sabe ainda porque seu umbigo não estufou! tá bom? me deixa!

Agora sobre a linha nigra:

O que são? Por que elas surgem? Como vão embora? Hoje no globo repórter!

Brincadeira à parte, a linha nigra , que pode ter até um centímetro de largura, costuma aparecer na parte inferior do abdome, muitas vezes passando pelo umbigo. Ela tende a surgir perto do segundo trimestre da gravidez.
A linea nigra é causada pela pigmentação da pele na área em que seu músculo abdominal se distende para acomodar o bebê, ficando ligeiramente separado.
As gestantes possuem uma grande sensibilidade ao hormônio estrógeno que provocam um aumento na produção do hormônio melanócito estimulante, o qual estimula a produção de melanina e faz com que a coloração não somente desta linha, mas também a coloração ao redor dos seios e as manchas no rosto, que não tive, graças à Deus!

A linha, às vezes chamada de linea nigra, desaparece algumas semanas depois do parto. Um pouco de esfoliação pode ajudar a eliminar a pele ressecada e acelerar o processo. Outras áreas pigmentadas de seu corpo como mamilos, pintas, sardas, axilas e virilha também escurecerão um pouco, mas com o tempo, depois que o bebê nasce, elas começarão a voltar à cor normal. Nas morenas esse escurecimento é mais acentuado que nas mulheres de pele clara.

Algumas pesquisas garantem que o aparecimento das manchas e escurecimento da pele é devido à deficiência de ácido fólico no organismo. Assim, é importante ingerir o ácido fólico presente principalmente em alimentos como grãos integrais e verduras escuras, não deixando também de tomar o suplemento vitamínico indicado pelo ginecologista durante o pré-natal.

Vou tomar coragem e logo posto uma fotinho aqui da minha linha, do meu disco, verrugas e afins!

Beijinhos,

Fonte:
http://www.dermatologia.net/neo/base/artigos/gravidez_pele.htm
http://www.mae24horas.com.br/index.php?editoria=gestantes&artigo=3-01112007-A

16 de julho de 2012

Fofura da tarde

14 mudanças na vida com a chegada de um bebê

 Por Rebecca Woolf

O que muda com a chegada do bebê? Uma pergunta mais adequada seria: o que não muda?

1. Você, que se considerava uma pessoa corajosa, de repente fica cheia de medos.

2. Os sacrifícios que achou que fez para ter o bebê agora nem parecem mais sacrifícios.

3. Você finalmente respeita o próprio corpo.

4. Você respeita os próprios pais e passa a amá-los de um jeito completamente novo.

5. As dores do bebê são muito piores do que suas.

6. Você volta a acreditar nas coisas que acreditava quando era criança.

7. Você perde de vez o contato com certas pessoas com quem já deveria ter perdido há muito tempo.
8. Seu coração fica mais mole do que nunca.

9. Você pensa em outra pessoa 234.836.178 vezes por dia.

10. Todo dia é uma nova surpresa.

11. O funcionamento do intestino de outra pessoa só lhe dá prazer.

12. Você olha para o bebê no espelho, em vez de olhar para si mesma.

13. Você troca as baladas noturnas pelas manhãs de sol.

14. O seu amor cresce sem limites.

Feliz Niver amarela!

Aniversário da Camila, do Blog "Tem alguém aí" (link na lateral direita do blog)


Então vou começar com um “parabéns”, eu sei que isso é muito clichê, e que você já deve ter ouvido/lido muito isso hoje, mas é isso ai. Esse é o seu dia, e eu espero que você aproveite muito cada milésimo dele, tudo de bom e não só hoje, como em todos os dias da sua vida. Te amoo e feliz aniversário!

Que você tome tanto refrigerante que a Bella se revire na casinha!

E vê se não paga um mico desse naipe:

image

O destino nos uniu por um sonho que nos duas temos: O sonho de ser mãe. Foi assim que nos conhecemos, mas o destino nos uniu de tantas outras formas. Somos irmãs, tão iguais e ao mesmo tempo tão diferentes. Mas nem tudo é perfeito. Deus me deu essa princesa como amiga mas colocou ela a 180km de mim:




Eu nao possso abraçar ela, ou dar colo quando ela tá triste, mas ela sabe que pode contar comigo pra tudo nessa vida. Eu amo muito essa menina, e espero que ela seja muitissimo feliz, porque ela merece mais que tudo.

Beijos, 

13 de julho de 2012

Gravidez não é doença!

"Alguém sempre diz isso quando uma gestante prefere descansar ou voltar para casa mais cedo a ficar horas a mais em uma festa onde a única pessoas sóbria é ela.
Gravidez não é doença! Uma mulher grávida sempre escuta isso quando prefere observar as pessoas dançando a dançar para dar a impressão de que realmente está se divertindo.
A sociedade espera que a mulher grávida seja a pessoa mais disposta, saltitante e bem humorada do mundo, por quê? Porque gravidez não é doença!
Concordo, não é doença, mas quando engravidam algumas mulheres mudam de sobrenome para azia e
queimação, ou enjôos permanentes, a sensibilidade fica a flor da pele, alem de estarem proibidas de beber, fumar, transar pelo menos nos três primeiros meses ou até autorização médica, mulher grávida não pode entrar em banheira de água morna, tomar chá, nada de adoçante, açúcar engorda e isso não é bom,nada de conservantes nos alimento.


Como mulheres grávidas geralmente têm refluxo, nada de bebidas que contenham gás, nem ácidas demais, nada de pintar o cabelo, atividade física moderada, medicamentos nem pensar... E a gestante ainda tem que escutar que “gravidez não é doença”!
Concordo, não é doença é um estado de graça, sublime! E com tantas privações o mínimo que uma gestante deveria ter é o direito de curtir sua gravidez tranqüila, observar cada momento, cada etapa, descansar bastante e viver cada minuto sem ter que ouvir o famoso clichê!

Uma gestante sai de uma festa quando já não tem mais aproveitamento pra ela, assim como qualquer pessoa normal. Se ela não dança algum tipo de música talvez seja porque ela não curta o gênero,
como qualquer outra pessoa e não por causa da gestação.  As pessoas têm que entender que gravidez realmente não é doença, que talvez a doença esteja na sociedade que utiliza sempre este clichê para manipular as gestantes."

Créditos para Jmfsilva

Fotinhos

Sei que tem gente que só olha a "home" e não notou a abinha de fotos, então lá vai:




Entrevista mamães de 2012


Um super bom dia a todos os meus leitores, esse é um post mais do que especial, a tão aguardada entrevista com as mamães de Outubro saiu!

Ao longo destes 5 meses de gestação, conheci diversas mulheres nas mais diversas situações: mães solteiras, casadas, mães de primeira viagem, e outras com seus pimpolhos mais velhos aguardando a chegada do novo bebê... Entre tantas vivências posso dizer que fiz muitas amizades, inimizades também, mas não podemos agradar a todas... Pensando nisso, resolvi reunir todas as histórias de vida que tive contato e numa matéria (que chique né, matéria rsrs) homenageio todas as mamães e desejo muita saúde e união pra essas famílias que estão se formando.

A primeira lembrança, que sempre me vêem à cabeça quando penso que estou grávida é: “Qual foi seu primeiro pensamento quando viu o resultado "positivo" no exame?
E qual foi sua primeira reação?”

Mariana, 24, estudante diz: “Eu precisei de 3 positivos pra me dar conta de que era realmente uma gravidez! Meu primeiro pensamento foi: "Minha mãe vai me matar", porque depois de 3 positivos não tinha jeito, tinha alguém a caminho”

Acredito que esse medo seja normal para meninas que como eu, não possuem um relacionamento estável. No meu caso, pensei primeiro na minha mãe, depois no meu pai, achei que fosse morrer ali mesmo, pensei até em aborto, assumo, mas graças a Deus minha moral já abominou essa idéia em 6 segundos (5 segundos é muito clichê)

Ádyla Kelly Soares de Souza, 22 anos, estagiaria de engenharia civil, fez coro com a Mariana ao dizer: “Pensei na hora: agora fud**, meu pai vai me odiar... E a primeira reação foi chorar, chorar e chorar”

(Adyla Kelly)

 
O oposto acontece com as mulheres casadas ou em um relacionamento estável, Bruna Bueno, 24 anos, Auxiliar de Suporte conta: “Eu sempre quis engravidar, nos alarmes falsos anteriores, havia um misto de decepção e alivio quando eu via o negativo. Era um misto de sentimentos, sabe. Mas sempre tive medo de ser infértil, acho que era excesso de fertilidade da minha cabeça de vento...”

(Bruna Bueno)
Eliane Costa, 26 anos, dona de casa, teve a melhor reação possível, pois estava tentando há muito tempo: “Foi como ver um sonho se realizando!”


(Eliane Costa)


A seguir, a preocupação maior é “Como vou contar às pessoas, quem merece saber primeiro? E no meu emprego, como fica?
Grasyele Hobold Herdt, 32 anos, auxiliar de faturamento, nos relata seu tão sonhado e romântico momento: “Primeiro contei pro marido. Convidei ele pra comer uma pizza, chegando lá eu disse que tinha que falar algo muito sério. Mas antes de tudo, queria dar um presente pra ele. Dei um embrulho com um bico e o resultado do exame, ele encheu os olhos de lágrima e perguntou se era de certeza. Depois contamos para os pais”

Daniela Santos Nunes 23 anos, Geóloga, já tem uma filha, e estavam planejando o segundo filho, portanto a notícia foi muito bem recebida por todos os familiares, contou primeiro ao maridão, que se emocionou muito, e a filha mais nova está adorando a idéia de aguardar um novo companheirinho.

(Daniela Nunes)
Daniela Martins Meneguetti Souza 28 anos Assistente Comercial também têm outros dois filhos, mas ao contrário da filhota da Dany Nunes, “o mais novo voltou a ser um bebê, Dorme no berço, fala meio infantilizado, o mais velho odeia falar de bebê, fica me lembrando que já está na hora de operar”.

Acredito que esse comportamento em algumas crianças, seja completamente normal, já que nessa fase, as atenções da gestante estão voltadas um pouco mais para o bebê sendo gerado, e isso causa ciúmes nos mais velhos. Dá pra compensar esse déficit de atenção, um jantar juntos, brincar, e tentar fazer os irmãozinhos interagirem e ajudarem com o novo integrante da família.

Ainda sobre a notícia bombástica, a mesma leveza não acontece com todas as mamães, de início. No meu caso, contei primeiro no meu emprego, depois para o pai do meu filho, Henrique, ficou muito feliz, acho que ainda não tinha idéia da carga que seria criar um filho,  e, aliás, acho que a ficha pra nós dois não caiu até hoje! Deixei por último os meus pais, pois estava com medo. A princípio, a idéia chocou, mas hoje são dois babões pelo pequeno Victor.
Gabriela, 19 anos, Vendedora de granitos, apesar de ser casada, diz: “Eu achei que todos iam falar muito mal de mim, e me tratar mal também... Mas ao contrário recebi apoio de todos, e os que assustaram muito e até falaram um pouco no começam hoje ficam babando”

(Gabriela)
Um bebê é sempre uma bênção, acredito que depois do choque inicial todos babam rsrs, o medo também deve ser comum, pois pude observar isso até nas casadas.
Kezia, 24 anos, professora, exagera: “Espero que não façam cara feia quando eu falar que estou com dor, me tratem normalmente, mas que me mimem de vez em quando. Quero que compreendam o meu momento e entendam o porquê da minha alegria, sem criticar. Não gosto que fiquem contando histórias tenebrosas e detesto quando tentam me pôr medo”


(Kezia)

 
Vanessa, 18 anos, Auxiliar Comercial, está grávida de gêmeos, e brinca: “Espero muita atenção, que me tragam tudo na mão, porque tenho muita preguiça, e que me tratem super bem porque estou gravida”

Poxa, Vane, gravidez não é doença! Rsrsrs mas eu entendo, a preguiça e as dores nas costas no seu caso devem sem extremamente cansativos.

O medo também alcança os parâmetros de saúde, Nayara, 17 anos diz: Olha, eu espero ser bem tratada, mas estou com medo das enfermeiras, médicos, porque vou ganhar pelo SUS” Hoje em dia, as redes do SUS estão bem preparadas para atender a grande demanda de partos e com ótima infraestrutura. Por vezes até melhor que hospitais particulares.

As mamães solteiras fazem coro quando o quesito é respeito, Camila, 28, Analista Acadêmica diz: “Como sou mãe solteira, espero que as pessoas me respeitem. Acho que não é pedir demais. Se não deu certo o relacionamento não deu, a vida segue e a gente tem o direito de ser feliz da maneira que a gente escolhe. Mania IDIOTA que as pessoas têm de achar que se engravidamos somos obrigados a nos afundar num relacionamento fracasso.”

Outro tópico importante é como as mudanças corporais afetam a “sanidade mental” das gravidinhas...

Lidiane Corte,26 anos,vendedora interna, compartilha da opinião da maioria: “Confesso que desconfortável na maioria das vezes, pesada, as roupas ficar explodindo...

(Lidiane Corte)

Vanessa Gonçalves dos Santos, 25 anos, vendedora, lembra: “Por enquanto to bem fisicamente, legging e a minha melhor amiga, só engordei 2 quilos mais o meu quadril já cresceu bastante então calca jeans não me pertence mais!”

(Vanessa Gonçalves)


Isso é muito desconfortável, perder roupas, e ter que usar coisas que não usávamos antes, como blusinhas mais largas... Gabriele Vieira, 20 anos, Secretária, diz: “Me sinto péssima, meu corpo esta se esticando para todos os lados, saindo estrias e celulites, sei que no final valerá à pena, mais não é fácil lidar com essas transformações diárias, evito me olhar no espelho e muitas vezes evito ficar sem roupa com a luz acesa na frente do meu marido, acho normal ter essas reações... ou pelo menos espero que seja. “

(Gabriele Vieira)

O que mais me assusta é o dia “P”, ou dia do Parto, melhor dizendo! Fernanda Sanches, 28 anos, Comissária de Vôo (essa tá feliz da vida, muitos meses de licença devido a sua profissão) se diverte: “Espero que no dia do parto tenham piedade de uma grávida super medrosa!”

E o pai?

Quanto às mamães casadas, não vi diferença, mas o buraco afunda mais quando o caso é de “produção independente”

Camila Soyer nos conta sobre sua atua situação: “Hoje não tem relação nenhuma. Nem de bom dia, boa tarde, boa noite. Nem nada. Não chegamos a discutir pensão ainda, mas quando nos falávamos, estávamos acertados de boca, mas acho que o certo é procurar a justiça pra que ela tome o caminho disso, ainda mais porque ele tem outra filha e sou da seguinte opinião de direitos iguais pra todos.”

Nem tudo está perdido meninas, Daniela Martins Meneguetti Souza 28 anos Assistente Comercial nos dá a luz no fim do túnel: “Tenho dois filhos de um relacionamento difícil da minha adolescência, quando nos separamos ele nunca me ajudou, quando fui me casar com meu marido atual ele exigiu que eu procurasse um advogado para regularizar a pensão e as visitas, eu consegui um advogado do estado e assim fiz, ele simplesmente alegou não ter condições, e o Juiz determinou R$ 200,00 por mês (Tudo Isso), ele pega os filhos dele de 15 em 15 dias passa o fina de semana e me devolve... Hoje meu esposo é muito mais pai que ele, e somos felizes.”
Para finalizar com chave de ouro, Michele Deise Smolski, 30 anos, representante de vendas, nos define o que é ser mãe:
“É abdicar de uma casa limpa, não ter tempo para ficar sem fazer nada, adquirir um medo de perda imenso, deixar de ter nojo de coco e vômito, ficar louca de vontade de comer o último pedaço e doá-lo sem que nada disso seja um sacrifício... É preferir apanhar a ver alguém destratando o serzinho... Adorar o um cheiro mesmo que seja de suor, chorar, chorar, chorar seja com a vacina dada naquele corpinho tão pequeno, seja na apresentação do dia das mães da escola ou mesmo quando você briga e acha que pegou pesado... Ser mãe é não sentir saudades  dos luxos, da farra, dos amores do passado, sem dúvida é amar incondicionalmente e pra sempre alguém...”

Créditos desta entrevista para todas as mamães que perderam uns minutos do seu tempo respondendo, e um abraço especial para a jornalista Cristina Guariba, que me ajudou na edição desta "matéria" hihihi Beijao!

12 de julho de 2012

25 Semanas

Bom dia people! Mais um aniversário de semanas do Vic, hoje ele está do tamanho de um alho poró! (aff) rsrsrs




Mesmo sem ar nos pulmões, o meu milagrinho começa a fazer alguns exercícios de respiração. Por outro lado, os cinco sentidos estão se desenvolvendo com rapidez.

Ele já responde ao toque, hoje de manhã estava fazendo ondas na minha barriga, aí eu colocava a mão e ele parava, quando eu tirava ele mexia de novo, parecia estar dizendo: "mais carinho mamãe, to aqui" rsrsrs

Se uma luz for colocada diante da barriga das mães, eles tendem a virar a cabeça - o que, segundo especialistas, indica o funcionamento do nervo óptico. ADIVINHA QUEM VAI TESTAR ISSO HOJE? kkkk Victor pensando: "Deus me livre dessa mãe horrorosa" kkkk


Segundo trimestre

A cada dia que passa, meu filho se parece mais com o recém-nascido que será daqui a alguns meses. O cabelo já tem cor e textura, será que é liso como o do pai dele? Tomara... embora depois do nascimento elas podem mudar. Bebês que nascem com cabelo escuro muitas vezes depois ficam com cabelo claro e vice-versa.
Sobre mim, enquanto ainda sou a estrela do baile:

Meu sono não anda muito reconfortante devido a sonhos intensos ou pesadelos, por exemplo essa noite sonhei que o dinheiro do bebê conforto sumiu, e eu tinha que levar o Vic numa cesta dentro do carro.

Isso é bem normal, já que, ao dormir, meu subconsciente vira o espaço para dar vazão a temores sobre a gravidez e meu futuro papel de mãe.



Além disso, a barriga maior está tornando difícil encontrar uma posição confortável.

O que eu faço é dormir com tres travesseiros, um entre as pernas, outro nas costas, outro na barriga, fora o da cabeça, ajuda bastante, ainda bem que estou em cama de casal agora

Minha barriga hoje de manhã me surpreendeu com a tal da linha nigra, que na verdade é rosa, mas já está bem nítida, fiz um desenho da minha barriga no paint, segue:



Isso é meu umbigo parecendo olho de peixe esbugalhado, o risco do piercing que está se alargando e parecendo entrada de aparelho de cd, e a tal linha nigra na base, faltaram os pêlos rsrsrs

Depois tiro uma foto pra voces verem melhor

Dicas da semana:

Dê atenção especial aos seus pés

Se eles estiverem doloridos e inchados, dê a eles um tratamento de luxo com um escalda-pés caseiro. Coloque água morna em uma bacia e acrescente algumas gotas de óleo essencial de cipreste, de lavanda ou de camomila. Depois, faça uma massagem nos pés e calcanhar com manteiga de cacau ou seu hidratante preferido.
Isso seria perfeito, SE EU CONSEGUISSE ALCANÇAR MEUS PÉS!!!!

Beijos, e até o proximo post

10 de julho de 2012

Plano de parto


Bom dia e me desculpem pelo sumiço, essa semana teremos dois posts especiais, a entrevista, e um outro surpresa, portanto começaremos a semana com um informativo basiquinho sobre os planos de parto...

O plano de parto é uma lista de itens relacionados ao parto, sobre os quais você pensou e refletiu. Isto inclui escolher onde você quer ter seu bebê, quem vai estar presente, quais são os procedimentos médicos que você aceita e quais você prefere evitar.

Nos EUA, onde começou a ser difundido, o plano funciona como uma carta, onde a gestante diz como prefere passar pelas diversas fases do trabalho de parto e como gostaria que seu bebê fosse cuidado após o nascimento.

No entanto, acreditamos que o maior valor do plano de parto é justamente propiciar uma maior reflexão e compreensão sobre o tipo de parto que você prefere. É um exercício que pode ajudá-la a definir aquilo que é importante para você, e com esta informação em mãos, fazer com que esteja mais bem preparada para conversar com seu médico. Não se trata, portanto, de uma lista de ordens, mas de um ponto de partida para a conversa.

Então refleti bastante (esqueci a idéia de banheira rsrs) e escrevi meu plano de parto

Durante o trabalho de parto

Acompanhante: Minha mãe, indispensável, e se possível, o Henrique.
Lavagem Intestinal: Não creio que seja necessário.
Liberdade para caminhar ou mudar de posição
Uso de água no trabalho de parto (banho etc)
Bebidas e alimentos com alto teor de carboidratos e pouca gordura à vontade -Porque comer pra mim é essencial, e se vierem com um copinho de agua e soro, acho que aí sim teremos um escândalo.



Agua e bebidas leves - Vou precisar me hidratar
Tricotomia: NÃO SE APROXIMEM DE MIM COM UMA GILETTE, PRETENDO JÁ CHEGAR DEPILADA NO HOSPITAL
Infusão intravenosa apenas se houver indicação médica. - A infusão intravenosa restringe a mobilidade e interfere no relaxamento. A ingestão de líquidos leves no trabalho de parto reduz a chance de desidratação. As hemorragias em partos espontâneos e não medicamentosos são muito raras para justificar o uso de infusão preventiva
Monitoramento fetal eletrônico - Pode ser, desde que não atrapalhe no trabalho de parto
Rompimento espontâneo da bolsa das águas - O líquido amniótico contido na bolsa tem um efeito de proteção, equalizando a pressão sobre o bebê, o que resulta em menos pressão na cabeça. O rompimento artificial das membranas aumenta as chances de infecção e cria um limite de tempo para o parto, além de resultar em contrações geralmente mais dolorosas.
Medicação para alívio da dor - Por favor, nao ignorem meus pedidos de anestesia
Ocitocina ou drogas de efeito similar para indução ou aceleração do trabalho de parto apenas sob necessidade médica.

Durante o parto

Posição para expulsão confortável (para mim) e eficiente.
Episiotomia apenas se for necessário. - Ao permitir que a cabeça do bebê emerja vagarosamente, apenas sob as forças uterinas, o períneo tem maiores chances de distensão, o que minimiza as chances de lacerações. A recuperação da episiotomia pode ser bastante desconfortável. A cicatriz muscular pode afetar posteriormente o prazer sexual. A episiotomia diminui o período expulsivo, podendo ser necessária em caso de sofrimento fetal ou se for preciso o uso do fórceps. Muitos profissionais de saúde fazem a episiotomia rotineiramente, independente de ser necessária, o que não tem qualquer justificativa aceitável.
Bebê colocado imediatamente no seu colo (ou sobre a barriga ou nos seus braços).


Bebê amamentado assim que possível.
Vínculo precoce mãe-bebê. - As primeiras horas após o parto são muito importantes no desenvolvimento da ligação afetiva entre os pais e o bebê. Eles não deveriam ser separados em nenhum momento.
Tirar fotografias ou filmar durante o parto.

Pós parto

Amamentar
Não deverá haver separação entre mãe e bebê a menos que haja indicação médica.


Não oferecer ao bebê água, leite em pó (fórmulas), chupeta ou bicos
Visitas

Em caso de cesárea

Ser informada de cada procedimento associado à cesárea (testes, tricotomia, sonda urinária, etc).
Tricotomia parcial (do abdome até a altura do osso púbico). - Diminui o desconforto quando os pelos começam a crescer novamente, sem aumento nas chances de infecção.


Uso de anestesia peridural/raquidiana (não utilização da anestesia geral).
Rebaixamento do protetor ou uso de espelho na hora do nascimento
Sem o uso de sedativos pós-operatórios
Vinculo precoce mamãe-bebê

Esse é um bom exercício a se fazer, mesmo que voce saiba que metade de suas exigencias não serão ouvidas na hora do "vamos ver". Então meninas, arregacem as mangas e façam seus planos, quero ver o de todo mundo!

Aqui embaixo, na fonte, tem um modelinho mais fácil pra seguir na hora de montar seu plano:

Fonte: http://www.amigasdoparto.com.br/plano.html

Um beijo, e boa semana a todos nós!

6 de julho de 2012

Roupinhas divertidas

Resolvi fazer esse post só por causa desse body:


Fala sério, não seria um arraso ter meu Victor dentro de um body de um dos meus filmes preferidos? Arrasou!

Aí comecei a pesquisar e achei umas roupinhas bem engraçadas, segue:

 

 












Beijinhos,