30 de janeiro de 2013

Sobre medo da morte

Nunca tive medo de morrer, sempre achei que quando a morte viesse, eu a acolheria como a um velho amigo. Hoje eu tenho. Não pela minha vida, pessoalmente falando, mas pelas coisas que eu poderia perder se eu não estivesse mais aqui com o Victor...

Dia 27 de Outubro, tivemos no ambiente da minha casa, uma data muito especial, aniversário do bebê mais lindo da blogsfera, mas para muitas outras famílias, foi dia de tragédia e morte. No Rio Grande do Sul, uma boate pegou fogo e simplesmente 236 pessoas faleceram por não conseguir sair a tempo.

Passei o dia todo vendo em todos os canais, alguns sensacionalistas (ê Brasil pra gostar de explorar a desgraça alheia), notícias sobre o acontecimento, e ao final de tudo não pude deixar de pensar: "Meu Deus, poderia ter sido eu!"

Percebem a gratuidade da coisa? Quer dizer, eu resolvo sair no sábado, marco com os amigos, passo dias escolhendo a roupa ideal, maquiagem, cabelo (mulher faz isso, gente, por mais simples que seja a festa).... Deixo o Vic com a minha mãe (porque um dia isso vai acontecer, i´m young, e um dia vou pra balada e não posso levar o Vic enganchado rsrs) e quando chego na festa, acontece uma coisa dessas.

E as coisas que vou perder? O primeiro dentinho, as primeiras palavras e os passos meio trôpegos, os desenhos da escola, a primeira namoradinha, não vou saber quais hobbies ele terá, não saberei se o pouco que eu consegui ensinar ele absorveu, a faculdade, que profissão ele vai escolher?


Refleti muito mesmo sobre isso, e gente, descobri que hoje eu tenho um medo terrível da morte.


Sobre o acidente na boate, as pessoas que estavam na festa nunca poderiam imaginar que não voltariam mais desse passeio, poderia ter sido na igreja, na rua atingidos por um meteoro, sei la! Não existe meio de evitar a nossa hora, então não podemos nos privar de sair, por medo (antes que pensem: "Oh, a Ludmila tá doida, vai se trancar em casa com medo da morte" Não MEEEESMOOOO kkkk Carnaval ta aí, e já estou customizando o meu abadá)

Mas encerro esse post, externando o meu desejo a meu Deus:

"Pai, agradeço todos os dias que me deu ao lado do meu filho, e que o Senhor possa me dar uma vida toda de alegrias ao lado dele. Amém"


27 de janeiro de 2013

Brincadeira de criança

Como é bom, como é bom! Mentiraaaa, eu não quis dizer isso kkkk que horror!

Hoje é o 3º mêsversário do Vic, então vamos falar de um assunto que ele gosta e muito: Brincadeiras!

O nené, está trocado, cheiroso, alimentado e descansado. O que fazer?

Ficar olhando pra cara dele e admirando a beleza? Isso eu fazia muito quando ele era RN, depois passei a ler livros grandes e coloridos, depois cantava, depois dançava... Não é porque o bebê ainda é novinho, que não vai aproveitar as brincadeiras para aprender alguma coisa...

Algumas sugestões de RN a 3 meses:

Dançar - Finalzinho de tarde, a casa está em silêncio, ele está entediado (pasmem, o Vic faz cara de tédio), ligo o rádio, coloco uma música bem gostosa (geralmente é Maroon 5) olho pra ele e digo: "O Sr. me concede esta dança?" (com voz do Cid Moreira rsrs) pego ele no colo e começo a dançar pela casa, o passinho que ele sente é "dois pra lá dois pra cá". Por favor, mamãe rockeira, segure seus impulsos de colocar System of a Down, porque se você se empolgar na dança vai machucar a coluninha dele. E não se esqueça de apoiar o pescocinho e as costas.

Mostrar coisas- Qualquer objeto que não seja tóxico, cortante, ou pequeno demais, serve. Vale até ir fazendo isso nas trocas de fraldas, eu pego a hipogloss, os lenços, a fralda, e vou perguntando: "olha que legal, você sabe pra que serve isso?" aí vou explicando o que estou fazendo, mudo de voz, de fina pra grossa, e ele cai na gargalhada!

Livros - Eu não tenho a pretensão de achar que o Vic gosta que eu leia porque gosta de livros, ou porque sabe o que é aquilo. O que atiça ele mesmo, são as cores, e a minha companhia. Livros pequenos demais ele não dá bola, tem que ser aqueles grandes e coloridos, aí sim ele presta bastante atenção, mesmo tendo só 3 meses!

Chocalho - Coloridos, barulhentos. Quer combinação melhor pra atrair uma criança? Você não precisa ser sem graça e ficar só balançando na frente dele, pode acompanhar de uma historia, por exemplo: O Vic tem um chocalho de macaquinho, e enquanto eu balanço, vou cantando a música do macaco e a velha, que decorei quando ele nasceu:


Aliás, cantar também faz um sucesso danado! Pode ir tirando do baú aquelas cantigas infantis que você conhece, se faltar repertório, recomendo assistir galinha pintadinha, que até "escravos de jó" rola naquele dvd

Vic tem música pra tudo, pra comer canto "O que tem na sopa do neném" (mesmo ele não comendo sopa), no banho é a música do ratinho do Castelo Rá-tim-Bum, e por aí vai!

Por enquanto são essas as coisas que atraem o Vic, mais pra frente faço outro post com dicas para os próximos meses!

Beijos, e fiquem com as risadas gostosas do Vic nas nossas brincadeiras dessa semana:








25 de janeiro de 2013

Reconhecimento: Prêmio Liebster

Olá companheiros e companheiras!

Acabo de receber mais um selinho, o do pêmio Liebster, pera lá, que nome chique, o que é esse selo?

Esse aqui ó:




Explicando: O PRÊMIO LIEBSTER destina-se a blogs com menos de 200 seguidores e pretende premiar a amabilidade, gentileza, beleza, simpatia do blog (e a blogueira(o)) bem como dar-lhe as boas vindas. 

As regras deste prêmio ditam que se responda a 11 perguntas colocadas por quem me presenteou. Agora tenho de escolher 11 blogs para receber o selo e fazer 11 perguntas. Espero que a minha escolha possa ajudar na divulgação dos blogs. Depois as eleitas tem de escolher também 11 blogs com menos de 200 seguidores e fazer 11 perguntas para receber o selinho

Agora vamos as perguntas da Tatty do blog Diário: Mãe de primeira viagem, que foi quem me indicou ao prêmio e as minhas respostas:

1-Ser mãe é... Abdicar de toda sua vida passada para cuidar de uma pedra preciosa para sempre, e amar isso!

2-Meu filho(a)é ... Tudo na minha vida

3- Sua maior qualidade... Paciência

4- Seu pior defeito... Coração mole

5-Um sonho ainda não realizado? Ter minha casinha pra morar com a família que formei

6-Qual seu ídolo? Deus

7-Qual o dia mais belo que viveu até hoje? O nascimento do Vic

8-Qual a sua comida preferida? Galinhada

9-Se pudesse fazer apenas um pedido a deus, qual seria?? Ter pra sempre o Vic comigo, com saúde e alegria

10-Qual foi o último filme que te fez refletir? The Runaways

11-Deixe uma mensagem para nós mamães... 

Agora as minhas perguntas para os meus blogueiros escolhidos :

1. Qual o intuito do seu blog?
2. Como surgiu a idéia de blogar?
3. Quais seus planos para o futuro?
4. Qual seu maior sonho na vida?
5. Uma felicidade é??
6. Uma tristeza é??
7. Daqui a 5 anos, onde pretende estar?
8. Qual a melhor sensação do mundo?
9. O que você jamais faria na vida?
10. Por quem você daria a vida?
11. Posso contar com você para tudo?

E as minhas escolhidas são:

1. Mari  do blog Uma baita Viagem
2. Camila do blog Tem alguém aí?
3. Maqueli Foresto, do blog Motherland
4. Elaine do blog Meu filho, meu tesouro
5. Michele, do blog Vida de Descobertas
6. Bruna do blog Paixão por unhas
7. Lelly Barrili, do blog Meu Benício
8. Priscila do blog Gravida, momento mágico
9. Thais, do blog Aprendendo a ser uma mãe
11. Lindemberg, do blog Lee Querubim Estêncil Arte (ainda vai aparecer bastante por aqui)


Bom, pessoal, é isso, espero que gostem, e que esse seja o primeiro de muitos selos de reconhecimento pelo nosso trabalho! 

E vamo que vamo!!!


24 de janeiro de 2013

Progresso do Vicky

Por quê eu escrevi Vic diferente no título? Ora bolas, porque eu quis uai!

Bom, eu estava cheia de fotos de novidades acumulando no celular, vamos descarregar

O Vic agora embalou geral no suquinho de frutas:


Não aceita outra chupeta senão a velhinha dele (reparem na cara de ruim com a chupeta nova):





Assiste jornal de manhã, xuxa no mundo da imaginação e galinha pintadinha, olha que concentração:



Come frutinhas raspadas (maçã e pêra):




Dorme de dia NO BERÇO:



 Ri de tudo e pra todos:



Empurra a mamadeira com a mão, quando não quer mais:



Vai escorregando do bebê conforto até quase cair no chão, agora tenho que ficar atenta:



That´s it!

Beijinhos e amanhã volto com mil novidades, to cheia de idéias, to criativa que é uma beleza!

23 de janeiro de 2013

O primeiro suquinho a gente nunca esquece

Foi suco de pêra, tomou a mamadeira cheia, ontem, dia 22 de Janeiro de 2013:

 Primeiro eu segurei pra ele....


 Mas como tá ficando independente.....
 


Depois ficou assim:



Meu homenzinho já tá tomando suco! 

Besos!

20 de janeiro de 2013

Rotina para dormir

Eu não sou nem pretendo ser um "guru" da maternidade, mesmo porque esse é meu primeiro filho (beijo, Laura), e o que eu posto aqui são experimentos, que podem ou não dar certo, eu leio muito sobre gravidez, bebês, criação, etc, aplico, e colho os frutos!

Vamos ao que interessa, rotina pra dormir, vocês se lembram desse post aqui? Pois é, eu sofria com as noites que o Vic passava acordado, parecia que eu vivia em uma realidade paralela onde os dias eram invertidos em relação às outras pessoas (Alô Doc. Emmet Brown!) 

Pois bem, que os bebês recém nascidos passam muito tempo dormindo de dia e acordados à noite, isso todo mundo sabe, o problema em não se criar uma rotina, é que isso pode persistir além do segundo mês, e isso sim é um transtorno pra você, mãe do rebento, e possivelmente para o pai, que tem que trabalhar cedo no dia seguinte...

É com uma imensa satisfação que venho contar pra vocês que o Vic dorme agora NO BERÇO (coisa que não fazia, lembram? Só dormia comigo e grudado) e de sete a nove horas SEGUIDAS por noite!

Mas pera, Ludmila, comofoiquevocêconseguiuisso?

Não há motivo para pânico, minhas jovens! Repitam comigo: R-O-T-I-N-A

Sabe como é? Acordar de manhã, tomar café, ir trabalhar, chegar em casa cansado, tomar banho e dormir? Pois então, se funciona com a gente, também funciona com eles!

Eu decidi criar a minha própria rotina, respeitando as possibilidades e limites da minha casa, então ficou assim:

Vic acorda às seis da manhã, certo? Toma seu café (vulgo TT), dou um banhozinho às sete da manhã pra despertar, ele brinca até às dez da manhã, quando toma outro TT e aí tira um cochilinho. Acorda dentro de meia hora, e fica nessa o dia todo, de dormir e acordar, e tomando seu leitinho de três em três horas, conforme recomendou-me o pediatra dele.

É importante frisar que alguns especialistas recomendam que não seja alterada a rotina da casa em prol do sono do bebê, deixe a luz do dia entrar na casa, deixe os barulhos normais, tipo máquina de lavar, televisão, as vozes dos familiares, latidos... A criança tem que acostumar que o dia é assim, movimentado.

Quando dá sete horas da noite, ele acorda naturalmente e dou outro banhinho nele, brincamos, dançamos, cantamos, até às 10h, que é o momento que eu quero que ele comece a se preparar pra o sono mais prolongado. 

O que eu faço:  Digo pra ele em voz alta: "Vamos dar boa noite pro pessoal, pra irmos dormir no nosso quartinho" aí meus pais beijam ele, meu irmão também, e faço ele dar tchauzinho com a mão. Parece bobeira, mas fazendo isso igualzinho todos os dias, pode ser que ele memorize e associe.

Entramos no quarto, eu deito ele na minha cama, troco a fraldinha, e dou a ultima mamadeira do dia. Se ele dormir com fome ou com a fralda cheia, pode acordar mais rápido do que você consiga falar pro maridão "enfim, sós"

Coloco uma musiquinha no radio, beeem suave (no caso do Vic, é o CD "as quatro estações" de Vivaldi). Como já disse antes, rotina é imprescindível, então coloco o mesmo disco todo dia)


Nino ele um pouquinho, e em dez minutos ele já dorme. Coloco ele cuidadosamente no berço, e do lado coloco uma fraldinha que estava no meu ombro, pra ele sentir meu cheirinho e não acordar assustado.

E é isso! Às vezes ele acorda às 4h da manhã, mama outro TT meio dormindo, depois cai nos braços de Morfeu de novo.

(o tal do Morpheu)

O negócio são tentativas, isso não aconteceu do dia pra noite!

Tentem fazer e depois me contem!

Beijos e bons sonhos pra todas!

18 de janeiro de 2013

17 de janeiro de 2013

A importância do "arroto"

Bom dia leitores e leitoras!!!

Hoje o Vic soltou seu primeiro "gorfinho"., ou seja, teve refluxo. Isso é totalmente mea culpa, já que não esperei ele dar o arroto grande que ele dá, ele só soltou um bem curtinho e eu me dei por satisfeita.

Pesquisando, vi que é super importante que isso seja feito sempre, e compartilho com vocês:

"Os bebês engolem ar junto com o leite quando mamam, e o ar também entra no sistema digestivo dele quando eles choram ou até durante a respiração. Os gases podem fazer com que o bebê se sinta satisfeito antes de tomar a quantidade necessária de leite, e provocam desconforto e dor.


Há bebês que sempre arrotam depois de mamar, sem falha. Outros quase nunca arrotam. Durante a mamada, o bebê pode parar de tomar o leite e chorar, ou se recusar a pegar o segundo seio. As caretas são facilmente reconhecíveis, principalmente quando se coloca o bebê deitado logo depois de mamar. 

São três as posições mais usadas para colocar a criança para arrotar. Vá experimentando, porque cada criança reage de um jeito. 


No ombro: coloque o bebê no seu ombro, apoiando o bumbum com seu braço, no mesmo lado. Com a outra mão, dê tapinhas nas costas dele ou faça uma leve massagem. 

Sentado: Sente o bebê no seu colo e incline o tronco dele para a frente, apoiando-o pelo ombro e no queixo. Dê tapinhas nas costas ou faça uma leve massagem. 

No colo, de frente para você: coloque o bebê no seu colo, de frente para você, mas sem erguê-lo até o ombro. Dê tapinhas ou faça massagem nas costas dele. 

Se você colocou o bebê para arrotar por cinco minutos e nada aconteceu, provavelmente ele não precisa arrotar. Há crianças, no entanto, que parecem ter dificuldade para expelir o ar, e ficam claramente desconfortáveis, e nesse caso é preciso insistir. 


Talvez o sistema digestivo ainda imaturo do bebê esteja levando o ar muito longe, o que impede sua saída. Experimente várias posições até conseguir um belo e sonoro arroto."
 


Aqui tem um vídeo que mostra como se coloca um bebê pra arrotar, meninas, muito bom pra mostrar para os papais, que se sentem deslocados na hora da mamada...


As consequencias de não se colocar o bebê pra arrotar são:


"O ar entra até o estômago do bebê que é mais leve que o leite e por isso tende a voltar. Quando o ar volta é o que conhecemos por arroto, que pode vir acompanhado de uma pequena quantidade de leite, a regurgitação.
Por normalmente o arroto vir acompanhado de uma regurgitação, o bebê que estiver deitado de costas ou de bruços no berço pode aspirar o leite que voltou e se asfixiar."

Foi o que aconteceu com o Vic, se eu não estivesse olhando pra levantar ele rápido, poderia ter se asfixiado.

À noite também pode ser um perigo, pois estamos mais cansadas, e pode ser que não insistamos muito, pra que voltemos pra cama rápido. MAS NÃO FAÇAM ISSO!! Não custa nada perder dez minutinhos de sono, pra ter o resto da vida tranquila, certo?

Beijinhoooossss em todos e todas.

Fontes:
Guia do Bebê
Baby Center
Revista Crescer


16 de janeiro de 2013

Recomendo - Banho de gato

Meninas, item que de hoje em diante será indispensável na cestinha de higiene do Vic: Banho de gato, da Natura



É um lencinho de limpeza, que pode ser usado no corpo todo, inclusive nos olhos e boca! Ótimo pra dar aquela limpada nos olhinhos pela manhã (pra tirar a remelinha) e na boquinha pra limpar a salivinha ou os restos de leite...

E pode passar tranquilo, é dermatologicamente e oftalmologicamente testado (humm, penei pra escrever isso hahaha)

Dá pra comprar por AQUI

Além disso é bem cheirosinho, em matéria de odor, só perde pro sabonete da mamãe e bebê, da natura também.

PS: Não to ganhando nada da natura pra divulgar, mas usei hoje no Victor e ele ficou limpinho e cheiroso, então compartilho com vocês!

Inté!

Ansiedade pré parto

Especialmente pras minhas mamães Jaqueline Ivanoff e Suelen Cristina!

                                                     (Jaqueline)                                     (Suelen)

Uma pergunta que vive martelando na nossa cabeça nas ultimas semanas: "Será que é hoje?"

Eu me lembro que fui em uma consulta com o Doc. Rapadura e ele me disse: "Vai tentar normal? A partir de agora pode ser a qualquer momento. Pega o número do meu celular e qualquer coisa você me liga"

Meuuuu Deuuuussssss, aquilo pra mim foi a mesma coisa de um médico dizer pra um hipocondríaco que ele pode tomar o remédio que quiser!

Tudo que eu sentia já achava que o bebê ia escorregar ali mesmo...(mal sabia o que era dor de verdade)

Os dias iam passando e nada, fiz quarenta semanas e nada, eu não sei porque mas tinha a falsa impressão que o Vic ia nascer de noite. Acho que é de tanto ouvir por aí relatos de mulheres que acordam o marido no meio da noite dizendo que a bolsa rompeu... mas não foi nada parecido! Começou oito horas da manhã, a bolsa não rompeu coisa nenhuma, e em vez de marido gritei "Mãe, tá começandooo, pega a mala!"

Não se preocupem com a questão "Será que eu vou saber que é a hora?" Porque vocês SABERÃO! Mesmo que a bolsa não rompa (se romper, vá logo pro hospital pra não nascer no carro) a dor é inconfundível!

Relaxem, sorriam, pensem a cada contração que foi "menos uma pra eu ver o meu anjinho" assim fica mais otimista pra enfrentar o parto, e de resto, se preparem pra maior emoção na vida de uma mulher!

Muitas felicidades pra vocês e seus amores, e quero que comentem aqui quando nascerem, viu?

Super beijos!

Amamentação x Silicone

Como todos sabem, eu só amamentei durante dois meses, e tinha ficado devendo o post informativo sobre como foi amentar tendo silicone

Bom, imaginem um peito normal, siliconado, firme e consistente. Eu antes.
Agora imaginem um seio com silicone, cheio de leite, e veias azuis de tão grande que ficou. Eu durante.
Ainda imagine uma meia velha com uma bolinha de tênis dentro. Eu depois.

(eu ia tirar uma foto da meia com a tal bolinha, mas minha mãe achou desmoralização demais, e que eu to exagerando, que meus seios não estão assim e etc, enfim...)

Vamos aos fatos:

Silicone atrapalha na amamentação? MITO


"O silicone não interfere na amamentação. As próteses também não interferem na produção ou excreção do leite", garante o cirurgião plástico Múcio Leão, de Belo Horizonte, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. "O silicone não interfere na qualidade ou sabor do leite materno porque o silicone é um gel de alta coesividade que não ultrapassa pela membrana do silicone. Além disso, o implante fica abaixo da glândula mamária não tendo nenhum contato com o leite", completa o também cirurgião Lecy Marcondes Cabral, membro do Corpo Clínico do Hospital e Maternidade Israelita Albert Einstein, de São Paulo.
Existem certas cirurgias que podem sim afetar a mama e, consequentemente, a produção do leite materno, mas a colocação do silicone não é uma delas. "As cirurgias para a correção dos mamilos invertidos podem lesar os ductos ao liberar as fibras que mantêm a posição. Sobre a qualidade do leite, não há cirurgia que altere sua composição, que é hormônio-dependente", explica o médico. "A técnica de redução de mamas também pode comprometer e afetar a amamentação. Tudo depende do cirurgião, da região das mamas que ele vai fazer a redução e, principalmente, qual técnica vai utilizar", completa Lecy.
O tamanho dos seios também não indica se uma mulher terá menos ou mais leite. "A quantidade de leite produzida por uma mulher não está associada ao tamanho de suas mamas e sim com o estímulo hormonal que a paciente terá durante a fase de gestação", explica Lecy.
É normal que a mulher fique preocupada com a estética durante - e principalmente após - a gravidez. Mas as mães que possuem silicone e pensam em não amamentar por isso, estão bem erradas. Além de a amamentação ser muito importante para a criança e também para a relação entre mãe e filho, as próteses não são afetadas quando se amamenta.
"Silicone não sofre nenhum dano durante ou após a amamentação. As próteses modernas têm uma maior proteção contra a contratura capsular", afirma Lecy. O que pode acontecer é a amamentação aumentar a espessura dessa cápsula, o que causa o endurecimento da mama. "Mas isso acontece em apenas 2% a 4% dos casos, e o implante de silicone precisa ser trocado", conta."
Ou seja, não atrapalha em nada, só senti dificuldade pelo tamanho que ficou mesmo, e pra acalmar os ânimos (os meus, claro) já dei até uma conversadinha com o Dr. Ray (meu cirurgião rs) e ele me disse que a textura, cor, e tudo mais, vai voltar ao normal nos próximos meses...

Beijos amadinhas!

No face!

Novidade: Criei uma página no face pro nosso bloguinho! O link está aqui do lado, vai descendoooo que você encontra, aí é só clicar e curtir!



Beijos!


14 de janeiro de 2013

Prima Sara

A amizade dos dois está começando, a Sara (filha da dindinha Pâmela) tem dois aninhos, mas já adora o priminho, e tenho certeza que eles serão grandes amigos...

Ela é geniosa, e é do tipo que se você a ameaça com umas palmadinhas no bumbum, ela conta por você!

Ex:
Paloma: "Sara, não me faça te bater!"
Sara: "Duvido!"
Paloma: "Sara, vou contar até dez!"
Sara: "Um... dois... três... (até dez) Pronto titia"

Pense numa audácia! Ela teve a pachorra de ver o Vic chorando no meu colo e me chamar de safada! Tipo, você deixa seu filho chorar então é uma safada! kkkkk é cada pérola que sai dessa menina que só vendo!!!

Ela viu o pai dela brincando de lutinha com a mãe dela, achou que era sério, grudou na perna dele e disse: "Você não me conhece hein?"

E realmente! Nós só pensamos que conhecemos! Quando pensamos que já ouvimos tudo, ela vem e pede de natal uma calça nova pro avô dela, pois ela viu uma com o botão quebrado... ou chega nas nossas costas e fala: "Deixa eu fazer hidratação no seu cabelo!"

Quando eu estava grávida, e a mãe dela me ligava, ela pedia pra falar comigo e dizia: "Lud, o Victor ta bem? Ele já nasceu?" rsrsrs parece adulta conversando...

Ontem ela disse que quando forem maiorzinhos, vai chamar o Vic pra dormir na casa dela, "ver um filme comendo uma pipoquinha", passados vinte minutos ficou emburrada comigo e disse pra eu deixar o Vic lá e ir embora, porque ele ia morar lá com ela...

Enfim, é bem precoce, mas linda de morrer, você não aguenta ficar perto dela sem derreter!

Fiquem com as fotos:



 (Ela passando um macacãozinho do Vic, com o ferrinho de brinquedo dela)

 (E o Vic ama ela, altas risadas quando ela fala com ele)




 Beijinhos!!!

Escória

 Te juro. não sou mais adolescente, tenho 24 anos, mas sou mãe solteira, e fiquei mal com esse post, nossa é serio, to enjoada até... Até onde vai o preconceito das pessoas e até onde vai a capacidade de dizer atrocidades?

É esse post aqui, do blog Os mirabolantes pensamentos da Batgirl

Fui

12 de janeiro de 2013

Pesadelo de verdade

Pessoal, sobre o quadro de Stencil, não esqueci de postar não, só que não tive tempo de acabar ainda, tenho passado todas as tardes na casa da dindinha dele, então não estou conseguindo terminar...

Hoje vim falar de um assunto estranho para um bebê na idade dele: pesadelos.

Eu coloquei ele pra dormir há pouco, e passados vinte minutos ele acordou gritando, eu estava do lado dele, no telefone, e ele nao simplesmente acordou e chorou, já acordou com o som dos próprios gritos!

Minha reação foi de susto, catei ele no colo, e comecei a acalmar, falar com ele, levamos (eu e minha mãe, ele ficou passando de colo em colo uns dez minutos). Depois pensei: Seria o tal do terror noturno? Fui pesquisar e descobri que começa a partir dos nove meses. Descartei. Aí fui procurar sobre recém-nascidos tendo pesadelos, e li tudo que podia sobre pesadelos.

Descobri que crianças de três meses não costumam ter pesadelos, que o pesadelo só vem no ultimo estagio do sono, e portanto improvavel que aconteça de dia, já que o Vic só dá uns curtos cochilos nesse horário...

Até que me deparei com um caso, no yahoo answers (alô, Maurício Jacinto, to no YA de novo kkk) e tinha uma resposta dizendo que podiam ser gases!

GASES GENTE! Como não pensei nisso antes?

Pode ser que tenha sido incomodado por gases, e aí acordou gritando de DOR!

Ohh como sou burra!!! Mas to aprendendo!

Pra finalizar, foto do anjinho dormindo calminho (foto fresquinha):




9 de janeiro de 2013

Pesadelo

É com essa cara horrorosa que eu acordo todos os dias, creemdeuspai, que muleque medonho!!!



rsrsrs fala se não é a coisa mais linda do mundo???

O Vic agora ri e interage com a gente... Eu me descobri fazendo sons estranhos só pra arrancar uma risada dessas dele, tipo "agagagagagaga" e "gugugu" e "brlumbrlumbrlum" (um dia posto um vídeo aqui pra vocês verem que feia kkk)

Quando ele ri, quase fecha os olhinhos, e um dia desses eu fui fazer graça enquanto dava mamadeira, e ele riu tanto que escorreu leite pelo canto da boca, achei isso o supra sumo da gostosura! (Claro que não pude evitar de pensar que ele poderia ter feito isso no meu peito, que pena que perdi essa alegria)

Maaas enfim, Vic está se desenvolvendo muito bem, e está na fase de imitar motorzinho com a boca...

Beijos galera, morram de invejaaaa kkkk

8 de janeiro de 2013

Stencil pt II

Como eu disse no quadro anterior, ainda não havia terminado, e muita gente, aqui e no face, vieram me dizer que não entenderam meu desenho. GENTE, eu não terminei!

Continuando, a minha cuh deu um retoque com tinta azul, e o desenho ficou um pouco melhor, agora estou fazendo as nuvens aos poucos...


(descobri que recortar na folha sulfite é mais fácil)

(e que pintar com uma esponja é melhor que pincel, para esta técnica)

(POR ENQUANTO está assim, agora dá pra ver?)

A preguiça bateu e amanhã eu termino as nuvens...

Besos

6 de janeiro de 2013

Stencil para o meu bebê

Minha cunhada Claudia chegou em casa mês passado, com o presente de aniversário pro meu irmão feito por ela mesma, era esse:


Um quadro do poderoso chefão, feito de uma técnica chamada Stencil

Desde então, ela e meu irmão têm feito vários quadros de personagens famosos usando esta técnica. Por exemplo:

 (Darth Maul)

(V de Vingança)

Eu e minha mãe, com inveja com vontade de decorar nossa casa também, com personagens do nosso gosto resolvemos nos arriscar, seguem resultados:

 (primeiro pinta o fundo)

 (Depois pega o desenho, retirado da net, e recorta a parte preta, que e a sombra)

 
(Vai cortando com o estilete)

(Vai cortando assim, vazado)

 (Coloca o papel vazado em cima do quadro, pinta com durex e voilà)

Estou aguardando secar, e amanha de manhã vou fazer as nuvenzinhas no fundo azul, o que vocês acham? Mamãe Lud é ou não uma artista? hehehe mentira ficou um cú


Ps: A minha mãe fez esses:



Só que ainda não estão prontos, amanhã posto tudo certinho rsrs

Beijos e amanhã posto o  resultado final de tudo!!