16 de janeiro de 2013

Amamentação x Silicone

Como todos sabem, eu só amamentei durante dois meses, e tinha ficado devendo o post informativo sobre como foi amentar tendo silicone

Bom, imaginem um peito normal, siliconado, firme e consistente. Eu antes.
Agora imaginem um seio com silicone, cheio de leite, e veias azuis de tão grande que ficou. Eu durante.
Ainda imagine uma meia velha com uma bolinha de tênis dentro. Eu depois.

(eu ia tirar uma foto da meia com a tal bolinha, mas minha mãe achou desmoralização demais, e que eu to exagerando, que meus seios não estão assim e etc, enfim...)

Vamos aos fatos:

Silicone atrapalha na amamentação? MITO


"O silicone não interfere na amamentação. As próteses também não interferem na produção ou excreção do leite", garante o cirurgião plástico Múcio Leão, de Belo Horizonte, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. "O silicone não interfere na qualidade ou sabor do leite materno porque o silicone é um gel de alta coesividade que não ultrapassa pela membrana do silicone. Além disso, o implante fica abaixo da glândula mamária não tendo nenhum contato com o leite", completa o também cirurgião Lecy Marcondes Cabral, membro do Corpo Clínico do Hospital e Maternidade Israelita Albert Einstein, de São Paulo.
Existem certas cirurgias que podem sim afetar a mama e, consequentemente, a produção do leite materno, mas a colocação do silicone não é uma delas. "As cirurgias para a correção dos mamilos invertidos podem lesar os ductos ao liberar as fibras que mantêm a posição. Sobre a qualidade do leite, não há cirurgia que altere sua composição, que é hormônio-dependente", explica o médico. "A técnica de redução de mamas também pode comprometer e afetar a amamentação. Tudo depende do cirurgião, da região das mamas que ele vai fazer a redução e, principalmente, qual técnica vai utilizar", completa Lecy.
O tamanho dos seios também não indica se uma mulher terá menos ou mais leite. "A quantidade de leite produzida por uma mulher não está associada ao tamanho de suas mamas e sim com o estímulo hormonal que a paciente terá durante a fase de gestação", explica Lecy.
É normal que a mulher fique preocupada com a estética durante - e principalmente após - a gravidez. Mas as mães que possuem silicone e pensam em não amamentar por isso, estão bem erradas. Além de a amamentação ser muito importante para a criança e também para a relação entre mãe e filho, as próteses não são afetadas quando se amamenta.
"Silicone não sofre nenhum dano durante ou após a amamentação. As próteses modernas têm uma maior proteção contra a contratura capsular", afirma Lecy. O que pode acontecer é a amamentação aumentar a espessura dessa cápsula, o que causa o endurecimento da mama. "Mas isso acontece em apenas 2% a 4% dos casos, e o implante de silicone precisa ser trocado", conta."
Ou seja, não atrapalha em nada, só senti dificuldade pelo tamanho que ficou mesmo, e pra acalmar os ânimos (os meus, claro) já dei até uma conversadinha com o Dr. Ray (meu cirurgião rs) e ele me disse que a textura, cor, e tudo mais, vai voltar ao normal nos próximos meses...

Beijos amadinhas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oba! Adoro quando você comenta!