3 de fevereiro de 2013

Vacinas

Não é novidade que as vacinas são de extrema importância para a saúde do seu bebê. Elas podem proteger de inúmeras doenças e garantir que seu filho tenha um futuro saudável e feliz.

O Vic toma vacinas desde a gestação, como vocês já sabem, o meu sangue é O- e o do pai dele é A+, portanto tive que tomar a vacina para inibir meu sistema imunológico para que não se virasse contra o bebê.

Algumas vacinas, chamam atenção pelas reações, a maioria dá febre e indisposição na criança, porém, acredito que a que mais chama atenção é a vacina BCG-ID, e é sobre ela que vamos falar hoje:

A vacina BCG protege contra a tuberculose, e é a primeira vacina na vida de uma pessoa, dada logo após o nascimento. É dose única, porém, segundo a enfermeira, se "não pegar" precisa tomar de novo.

É intradérmica, ou seja, aplicada com uma agulha bem fina na própria espessura da pele, causando apenas um leve ardor na hora da imunização (mas eles choram do mesmo jeito!)


De três a seis semanas após a vacina, surge um carocinho no braço, que vai crescendo e ficando vermelho, mas não se assuste, é essa feridinha que vai formar a cicatriz que todos nós adultos temos:


 

Dias depois, essa bolinha grande, solta pus (O Vic soltou quase uma colher de sopa, eu só fiquei passando o lencinho umidecido, sem apertar). É muito importante não tentar espremer ou tirar casquinha dessa feridinha.

Existe apenas uma situação bem mais alarmante (e rara) em relação à BCG, e não se trata de dor local: bebês com deficiência da imunidade celular podem apresentar uma grave infecção pelo bacilo da vacina e precisam ser tratados imediatamente. 

Na grande maioria dos bebês, porém, basta lavar bem com aguá e sabão (sem espremer, hein!) e esperar a ação da natureza e do tempo!


Das outras vacinas que o Vic tomou até agora, apenas algumas deram reação de febre, o que é muito comum. Mas atenção, não dê remédio de febre sem orientação do pediatra! O que se pode fazer até falar com o médico, é ir colocando compressas quentes, pra aliviar o local da aplicação.

Pra finalizar, segue o calendário de vacinação atualizado:





Boa sorte mamães!

Fonte de pesquisa:
Sociedade Brasileira de Pediatria

Um comentário:

  1. ai amiga a do gabriel virou uma ulcera, é muito raro mas aconteceu. ele teve que tomar durante 6 meses isoniasida. Fiquei super assustada, mas correu tudo bem graças a Deus. passando os 6 meses a ferida sarou e ficou uma cicatriz enorme. é muito raro mas acontece.

    bjosss Lud e Vic

    ResponderExcluir

Oba! Adoro quando você comenta!