12 de março de 2013

Como saber se estou preparada(o) para a maternidade

Você vai precisar dos seguintes materiais:

1 saco de 5kg de arroz (no caso do Vic pode juntar mais um de feijão de 1kg, ele pesa seis)
Um despertador estridente
Apetrechos de bebê (mamadeira, leite, fraldas, Hipogloss)

Ande com o saco de arroz no colo o dia todo, de vez em quando nine o saco, e coloque numa caminha confortável, depois de 5 minutos ouça o alarme do despertador estridente e corra para o saco de arroz, com uma mamadeira fresquinha e morninha (cuidado para não queimar a língua do saco de arroz!)

Verifique a fralda do saco de arroz (Xiiii, fez cocô!) tire a fralda, limpe, dê um banho.

O alarme de novo, ele está chorando, quer assistir o DVD da galinha pintadinha.

Ah não, o alarme novamente, o saco de arroz não quer ficar deitado, despregue a bunda do sofá e dê uma voltinha pela rua com o saco de arroz nos braços! (Tente paquerar alguém com olheiras, roupa larga e cheirando a talco, com o saco de arroz nos braços, você fica mais invisível que um gari).

Finalmente dormiu por umas três horas, aproveite para tomar banho. Escute um choro muito alto, saia correndo do banheiro pelada(o) e com sabonte nos olhos, pra chegar no berço e ver que foi só fruto da sua imaginação.

Escove os dentes, se alimente (aposto que esqueceu disso tudo), lave e passe as roupinhas dele.


Despertador de novo, mamadeira fresquinha, brinque com o saco de arroz de "Cadê o saco da mamãe? Achouuu!"

Sinta vontade de se embebedar, só que não, pois tem que vigiar o saco de arroz. Aliás, você tem que vigiar o saco de arroz o tempo todo, pois ele aprendeu a rolar, e pode cair da cama, do lustre, do berço, do bebê conforto, da janela, do carrinho.

Acabou a novela das nove. Programe seu despertador para tocar de duas em duas horas e deite o saco no berço, deite você na sua cama. 

Comece a dormir e acorde assustada com o despertador. Mamadeira, fralda.


De novo. Colo, carinho.

E de novo. Um carro passou cantando pneu na rua e o assustou.

E de novo. Oh, meu Deus, já é dia!!!???


Fora os gastos:

Berço, cômoda ou roupeirinho, roupas e sapatos que devem ser renovadas todo mês (eles crescem rápido, perdem roupas), em média 180 fraldas por mês, pomadas, produtos de higiene, remédios, vacinas, se não mamar no peito, no mínimo 10 latas de NAN por mês (é caro!), frutas frescas todo dia, água mineral, brinquedos, passeios, quando cresce tem que comprar material escolar, quando aprende a falar vêm o famoso "mãe me compra aquilo".

E aí, preparada(o)?

9 comentários:

  1. JURO! Se eu nao fosse mae, desistiria de ter um filho só por causa desse post! KKKKK Mas você esqueceu de falar das coisas boas, os sorrisos, as descobertas, e tudo de bom que um filho nos traz. (APESAR DO TRABALHO QUE NAO ACABA NUNCA) beijos pro vic lindo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As coisas boas eu falo no dia a dia aqui, mas o lado negro as mães tem que saber! hehehe

      Excluir
  2. Definitivamente eu não estou pronta para ser mãe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maternidade é igual piscina gelada, a primeira trouxa que entra fica gritando: "entra, a água tá boa!"

      Excluir
  3. Eu to preparadissima!!
    Não ligo pros obstaculos que aparecerão...Talvez diga isso por não ter um bebe ainda... Mas sei que não ligarei mesmo rs...
    Acho que no meu caso é o sonho dos sonhos, e como perdi um aos 4 meses de gestação, cada dia que passa essa vontade cresce, mais ainda!
    To te seguindo e adorei o layout rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Amanda! E sobre a postagem, é sofrido, mas a cada sorriso, a cada mãozinha no rosto compensa viu! Boa sorte na sua próxima gestação, eu e Vic estaremos torcendo! Bjs

      Excluir
  4. Rindo muito aqui!! Só lendo o que me aguarda... kkkkk

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso e mil outras coisas! Mas é essencialmente alegria e cansaço!

      Excluir

Oba! Adoro quando você comenta!