3 de abril de 2013

Filme altamente perigoso

Mente vazia, casa pro diabo, é o que eu sempre digo

Estava sozinha em casa (com o Vic, na verdade) procurando o filme do poderoso chefão pra assistir pela milésima vez, e me deparei com esse filme:


E atrás, a seguinte descrição (com comentários meus em negrito):

Ian (Paul Nicholls) e Samantha (Jennifer Love Hewitt) formam um casal feliz e cheio de planos para o futuro. Enquanto Samantha busca demonstrar seu amor a todo momento, Ian procura voltar sua atenção para a carreira e os amigos (acho que já vi esse filme). Após um dia em que tudo deu errado, eles terminam o namoro (Oh, Lord). Entretanto um acidente faz com que a vida deles mude de rumo (É você, satanás?). No dia seguinte Ian percebe que acordou novamente no dia anterior, tendo a chance de refazer tudo o que tinha feito antes, só que agora da forma correta.


Não percebendo que esse filme era uma armadilha do tinhoso pra acabar com meu dia, peguei o cd e coloquei no aparelho.

O filme é aguinha com açúcar, mas teve em mim um efeito semelhante ao filme "O Homem do futuro" (lembram? já falei dele aqui)


É uma sensação frustrante de que a gente não pode mudar nada que já aconteceu, e que isso só acontece em filmes de ficção.

E passei o resto da noite amaldiçoando minha vida. Tudo por causa de um filme, da próxima vez vou prestar mais atenção e escolher "Os intocáveis" ao invés de "Analise sua vida de merda aqui"

Bjs


3 comentários:

  1. kkkkkkk... eita Lud, vc me fez lembrar quando assisti esse filme pela primeira vez... faz tempo... não estava em uma fase muito boa sentimentalmente e chorei que nem uma condenada...kkkk pena que essas coisas só acontecem em filme, e o pior é que a gnt fica fantasiando "se isso pudesse acontecer eu faria...blábláblá"...rss.. Mas independente disso o filme é lindo. Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim é lindo, mas pra assistir do lado do seu namorado, num momento que os dois estejam pisando nas nuvens! rsrsrs beijos Su!

      Excluir
  2. Nossa.. eu assisti esse filme, eh lindo... e aina bem que assisti sozinha, pq chorei como se alguém da minha família tivesse morrido.. kkk..

    ResponderExcluir

Oba! Adoro quando você comenta!