13 de junho de 2013

De volta à velha mesa de trabalho


Boa noite

Sumiço de novo, mas sempre com bons motivos para o atraso.

A novidade é que estou começando a procurar um novo emprego (e uma babá, consequentemente). Está na hora de voltar à vida real, ter uma conversa com outros adultos que não seja sobre maternidade, sair um pouco de casa, e o mais importante: ganhar uma grana.

Sim, porque Victor é um tanto quanto caro. É como ter sua primeira casa. Você compra ela pequena, poucos cômodos e quintal grande. Mas logo quer aumentar, fazer um sobrado, colocar piscina, trocar os móveis.... E quanto maior a sua casa, mais ela requer coisas para que fique bonita, confortável.

O Vic a mesma coisa, eu jamais poderia imaginar que uma camisetinha que não se usa um metro de tecido poderia custar mais caro do que uma calça jeans pra mim. Mas a gente compra, porque quer ver o rebento igual um artista mirim, desses de revista.


Se tem uma coisa que eu não tenho dó de gastar, é com ele. E como tenho sofrido nas vitrines da Tigor Tigre sem ter poder aquisitivo para tanto, resolvi voltar a trabalhar!

Cruzem os dedos, leitoras minhas, para que eu consiga tão loguinho uma entrevista com um salário bem gordinho!

Beijos e até a próxima!


Um comentário:

Oba! Adoro quando você comenta!