28 de julho de 2013

Essa sua independência...


Eu lendo meu boletim semanal do baby center, achei o seguinte:

"A individualidade leva anos para se formar. Depois de acreditar que é a mesma coisa que a mãe, por volta dos 6 meses a criança não só passa a ver a diferença como também entende que pode ser deixada sozinha. É nessa fase que se inicia um medo de abandono conhecido como ansiedade de separação, algo que pode durar até os 2 anos. "

O Baby Center parece que adivinha o que está acontecendo aqui em casa, não é possível. 


Ele (Vic) sempre foi muito independente, saía com os avós e nem lembrava da minha existência, ficava vários minutos no colo de outrem sem reclamar, mas agora parece que bastou aprender a palavra "mamãe" e ter mais liberdade de gestos (como engatinhar e se jogar de colos) que quer ficar o dia inteiro grudado em mim.

A explicação continua:

"Com menos de 6 meses, as crianças se identificam totalmente com as pessoas que tomam conta delas. Além disso, basicamente pensam em suas necessidades básicas: comida, amor e atenção. "

Ou seja, o motivo da mudança é que antes dos sete meses, ele só precisava do básico, não importa quem desse... Mas agora ele tem preferências, e pode ser bem chatinho nesse processo, mas tempos que entender que ele só quer se sentir seguro, e ninguém melhor do que nós pra garantir esse sentimento pra eles.

"Estimule os momentos de descoberta, mas fique de braços abertos quando seu filho voltar correndo para se assegurar da sua presença. Esse tipo de conforto dos pais ainda será necessário por muito tempo. "



E como está o bebê de vocês, mamães leitoras? Quero saber se já são mocinhos livres e desbravadores, ou se ainda pedem colo a todo segundo!


Um grande beijo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oba! Adoro quando você comenta!