27 de fevereiro de 2013

4º mesversário

Hoje Vic faz 4 meses!

estou aqui na sala cortando as unhas dos dedinhos dele (como cresce rápido), e acabo de tirar uma foto do presente que comprei pra ele, vejam que fofura;



Minha mãe já ta querendo entocar sopa salgada pra dentro dele, rs mas vocês sabem que eu tenho problemas com isso, sempre que ele vai comer algo novo eu quero fazer um ritual, quase uma festa, rsrs

Além disso, Doc Mclean é dia 5, não custa esperar mais uma semaninha!

Tava lendo o que escrevi ontem à noite, Jesuuuuussssss queima ela! hehehe não liguem pra mim!

Filho, feliz mesversário! Que Deus continue te abençoando cada dia mais! Te amo!

Beijos!

Algumas coisinhas

Bitch, please! Hoje no ask.fm recebi mil perguntas sobre o pai do meu filho.

Seja quem for, um conselho: DESISTA.

Nunca falei sobre ele aqui e nem gosto de expor a nossa situação porque ele não gosta. E afinal, o blog é pra tratar do Vic e dos meus pensamentos mais furrecas né?

Beijos com asas que dizem "boa noite"

26 de fevereiro de 2013

Tratado sobre a saudade

Toda a casa dorme. Mas ruídos diversos rondam o meu quarto. Caminhão passando na rua, chuva, a madeira da janela estalando. Durmo. Entro no sono por querer, controlando o meu dormir, afasto sonhos, me recuso. O sono é meu esquecimento, meu entorpecente. O telefone toca avisando das minhas obrigações de mãe no meio da madrugada. Apaguei o toque de despertador que tinha a voz dele. É de tarde, de noite ou de manhã? Tudo se reduz a essa tristeza, que faz os dias serem longos, faz o tempo parar até não ter mais sentido.

Às vezes o sono me abandona e eu finjo que durmo. Como se minha vó viesse me acordar para o trabalho.

Às vezes acordo e estico o braço, procurando. O sono apaga todas as diferenças: passado e presente, fim e começo. Não tenho mais vaidade, nem mais com o que me preocupar. Hoje de tarde vi minha cara no espelho: estou gorda e a pele amarelada como um pergaminho velho, tenho olheiras e o cabelo embaraçado. Pareço morta. Não quero nada.

Vic semi-acordado coloca as mãozinhas sob o meu rosto e as lagrimas quase escorrem dos meus olhos. Passo o braço em volta dele, coloco o queixo na sua testa. Ele dorme de novo.

Vic tem cílios longos como eu, a boca parece um coração, a pele branca como neve. Me mexo e ele se assusta, agarrando meu braço com força. Tem cheiro de talco e um perfume que boticário nenhum conseguiria reproduzir. Beijo a sua cabeça e ele dorme.

Mais tarde (ou cedo) tenho vontade de escrever uma carta. Levanto e escrevo (e reproduzo pra vocês agora, pois não posso colocar no correio).

"Não sei por quanto tempo mais posso continuar com isso. Sei que você sabe. Mas sabe também que se eu tivesse tentado um pouco mais, se eu tivesse podido continuar mesmo do jeito péssimo que estava, eu teria agarrado cada segundo. Quero dizer de novo que te amo. Você foi o fio no labirinto, meu guarda-chuvas, a única coisa verdadeira e confiável nessa minha vida estranha (até a chegada do Vic). 

Odeio pensar em você. Quero me libertar. Quero colocar você bem no fundo do meu coração e depois sair pelo mundo, ir viver. Estou cansada de hibernar.

Cada minuto da minha vida agora é marcado pela sua ausência. Cada ação é desprovida de dimensão  porque você não está aqui pra servir de comparação. Agora eu sei que a ausência pode ser presente como uma cãibra, como um corvo.

Mas eu espero, tenho uma visão de nós dois caminhando no sol, não vejo isso com meus olhos desejosos, mas sim com a minha imaginação, que te desenha, e espero que essa visão se concretize, afinal. Vamos nos ver de novo, e até lá vou viver plenamente nesse meu mundo, que é muito lindo.

Está escuro agora e estou muito cansada. Te amo, sempre. O Tempo não é nada"

Picada de inseto


Vic tem alergia.

Como se não bastasse todas as suas manias, gostos, trabalheira que eu tive e tenho pra enfiar qualquer tipo de alimento na boca dele, agora tenho que vigiar o tempo todo se tem algum mosquito rondando, pois se eu bobear acontece isso:



O que eu faço? Vou na farmácia e peloamordeDeuspaitodopoderoso, peço pra farmacêutica me dar uma daquelas pomadinhas anti-inflamatórias que bebê pode usar, já que vou ver o doc. Mclean só no dia 5...


22 de fevereiro de 2013

Nutrição: Amamentação e alimentação complementar


Por Claudia Luques.



Olá, caros(as) leitores(as)!

Como foi vossa semana? Espero que tudo tenha ocorrido bem!

Estou aqui, nessa sexta feira, como de costume, para falar sobre um assunto muito pouco difundido pelos órgãos de comunicação, dada a sua tremenda importância: a amamentação.
Iremos comentar, aqui, algumas vantagens desse ato que aproxima, desde sempre, o que se tem de mais valioso nesse mundo: a relação entre mãe e filho (a).

Preliminarmente, vale destacar que a amamentação, ao contrário do que muita gente pensa, não traz apenas vantagens para o bebê, mas também para a mãe. Só para começar com o exemplo que mais chama a atenção da mulherada, a amamentação faz com que a mamãe emagreça! Isso mesmo que você leu. A amamentação ajuda, e muito, no processo de emagrecimento pós parto.

Um outro fator de extrema importância para as mães (e aqui envolvem os papais também) é que é o meio mais barato de se alimentar uma criança. Segundo o Ministério da Saúde, até que a criança complete 06 meses de idade, o aleitamento materno deve ser EXCLUSIVO, ou seja, somente ele. E, ao contrário do que muita gente pensa, um bebê não precisa se alimentar com mais nada, NADA MESMO, nem mesmo chás e água. Isso porque o leite materno contém as quantidades adequadas de nutrientes para o bebê, inclusive de água. E mesmo no calor, não é necessário dar água, pois ela já estará presente nas quantidades adequadas no leite materno.

Após os seis meses, a inclusão de água, sucos naturais e papas salgada deve ser feita, durante aproximadamente um mês para a adaptação do bebê aos novos alimentos, e o aleitamento materno mantido. A partir dos 07 meses deve-se incluir a fruta, e manter os outros alimentos em consistência de papa. Após o primeiro ano de vida até os dois anos, deve-se manter o aleitamento materno também, porém, a alimentação pode ser a mesma dos pais (quanto à consistência). Como preconizado pelo Ministério da Saúde, o aleitamento materno deve ocorrer até os dois anos ou mais. Assim, não se torna mais necessário, a partir desta idade, e no lugar dele entra o leite de vaca (com exceção daqueles que são intolerantes).

Os alimentos que devem ser evitados nestas fases são: Refrigerantes, sucos industrializados, doces em geral, balas, chocolate, sorvetes, biscoitos recheados, salgadinhos, enlatados, embutidos (salsicha, lingüiça, mortadela, presunto, etc), frituras, café, chá mate, chá preto ou mel não devem ser oferecidos à criança. Estes alimentos são ricos em gorduras,  açúcar, conservantes ou corantes e podem comprometer o crescimento e desenvolvimento, além de aumentarem o risco de doenças como alergias, obesidade e carências de vitaminas e minerais (IBFAN - Rede Internacional em Defesa do Direito de Amamentar).

As orientações gerais não substituem um atendimento nutricional individualizado. Para agendar sua consulta ligue para (13) 88020827.

Espero que tenham gostado do post desta semana. Semana que vem falaremos ainda sobre amamentação, porém, sobre dicas para que este processo se torne mais fácil.

Grande abraço!

Cláudia Beneton Luques (CRN 29478)

20 de fevereiro de 2013

Tag entre blogs

Olá desbravadores da maternidade (ui essa doeu)
Recebi esta Tag da querida amiga Carlah Ventura, do blog Minha vida intensa

Regras:
1.Os Blogs tagueados devem responder essas 10 perguntinhas
2.Taguear 10 Blogs que também devem responder as perguntas.

Como escolheu o nome do blog? Quando eu fiquei gravida, eu já sabia que seria uma aventura que duraria o resto da minha vida, inicialmente se chamaria "As aventuras de Laurinha" mas o Vic mostrou a minhoquinha na ultra, surpreendendo a todos!
Quanto tempo dedica ao blog? Muito tempo... Pelo menos umas três horas por dia, entre postagens, e aplicando melhorias
Já teve algum problema com comentários de anônimos no blog? 
O que? Nenhum, mas uma ou duas vezes comentários depreciativos, não apaguei.
Você se inspira em outro blog? Qual? O Vic e suas aventuras são únicos, a minha inspiração é olhar a carinha de sapeca dele, e tambem sigo as sugestões de tema das leitoras.
Quanto tempo está na blogosfera? Desde Março/2012
Qual blog visita todos os dias? Aqui na barrinha lateral tem os que eu mais visito, aliás está precisando de atualização, né? Sigo muitos!
Quantos blogs visita por dia? Uns 12, 13, depende da frequência de atualização deles...
Quantos livros lê por mês? Ah sim, um por semana, pelo menos!
Já ficou sem inspiração para postar? Como superou isso? Faladeira do jeito que sou? Difícil! Só deixo de postar se estou triste ou sem tempo, mas aí quando melhora, são 3, 4 postagens de uma vez!
Pretende mudar algo no blog em 2013? Claro, estou sempre trabalhando melhorias, e aguardem que esse mês têm template novo!

Meus indicados:

Os mesmos desse post

Obrigada meninas!

19 de fevereiro de 2013

Leitura dinâmica

Olá aventureiros!

Como passaram esses dois dias do meu sumiço?

Hoje vamos falar sobre um assunto que gosto muito: livros.

Você lê para o seu bebê?

- Claro que não, ele não entende nada!

Pois saibam que vocês estão enganadas!

Nunca é cedo demais para começar o incentivo à leitura. Mas só vale mesmo se for algo feito junto, despretensiosamente e com prazer

Quando o bebê nasce, o seu cérebro pode fazer muita coisa, mas ainda não está totalmente desenvolvido. Quanto mais os sentidos são estimulados, mais rápido será o desenvolvimento do cérebro.

(A coleção do Vic - só aumenta)



A leitura ensina a comunicação básica , introduz números, letras, cores e formas, ajuda a construir vocabulário, a estimular a memória e a ouvir. Acredite ou não, quando o seu filho fizer um ano, ele já vai ter aprendido todos os sons necessários para o aprendizado da sua língua materna. Quanto mais histórias você ler pra ele, quanto mais palavras ele ouvir, melhor vai ser o seu vocabulário e fala.
Quando pai ou mãe lêem, o bebê percebe suas emoções e sons expressivos, isso ajuda o desenvolvimento emocional.
A leitura também estimula o bebê  a olhar, apontar, tocar e responder perguntas que a mãe faz, imitar sons, reconhecer imagens, virar páginas e mais tarde, repetir palavras – tudo parte do desenvolvimento social e psicológico dele. 

Vejam como o Vic presta atenção:





Para um bebê, nao importa se a princesa está no alto da torre, se um ogro pode se casar, se o patinho é feio, bom mesmo pra ele é ouvir sua voz, curtir momentos juntos e ver figuras grandes e coloridas.

Poesias, histórias de repetição, tudo que envolva mais musicalidade ou puxe sua garra por contar uma história está valendo. “As diferentes formas de leitura, as pausas, o virar das páginas, a mudança de um parágrafo, ensinam o bebê a lidar com os momentos de silêncio mas que são em sua maioria cheios de sentidos. Bebês adoram brincar de esconder, é um meio de elaborar as ausências. Quando adquirem a destreza motora, adoram virar as páginas e descobrir o que virá e o que se foi”, diz Karina Bonalume, psicóloga com especialização em clínica interdisciplinar com bebês, pela PUC-SP. Portanto, não espere nem mais um minuto e divirta-se!



  















Nota da Lud: É legal ter livrinhos como esse na foto de cima, é livro, com chocalho e mordedor, eu deixo na mãozinha dele e ele pode sentir o livro, morder (verifiquem o selo da certificadora, Inmetro). Pasmem, o Vic já até conseguiu abrir o livro sozinho!

Beijos e até a próxima!


Fontes de pesquisa:
Revista Crescer
Guia Infantil
Pais educadores

A nova onda do imperador

Agora ele descobriu que tem pés:








16 de fevereiro de 2013

O famoso "me segue que eu te sigo"


Como conseguir mais seguidores no blogger o//

-Você tem um Blog também? e quer ter mais seguidores assim como eu?
Então siga as etapas abaixo:

1.Siga o http://asaventurasdovic.blogspot.com.br/

2.Deixe um comentário nesse post com o seu nome de seguidor e o link do seu 
blog que o seguiremos de volta!

Vantagens:

Além de nós seguirmos seu blog, outras pessoas de outros blogs que virem o link 
do seu poderão segui-lo também, aumentando assim a divulgação de seu blog. 
É claro que para as pessoas que seguirão blogs a partir dos comentários abaixo, 
LEMBRAR de sempre deixar link do seu blog (em algum post do blog) para que as 
pessoas possam seguir de volta e o nome de seguidor para haver a confimação 
de que realmente estão sendo seguidos.


Bjs, aguardamos seu comentário!
E para parcerias entre blogs nos mande um e-mail! ludsales@hotmail.com

Desapontamento


Bom dia "pessoar"

Estou muito brava e muito triste ao mesmo tempo!

Ontem eu descobri que uma das minhas leitoras, "ex gravida" (já está com o bebê nos braços) USOU MACONHA DURANTE TODA A GRAVIDEZ

Peraí meu, todas as nossas conversas, todos os meus conselhos, entrou por uma orelha e saiu por outra? Aquela sua preocupação, seus cuidados, era tudo mentira?

Só pra te lembrar, caso você leia isso, e sei que uma hora vai ler e vai saber que é de você que estou falando, Dona Irresponsabilidade, os efeitos da maconha no feto são:

"Cérebros mal desenvolvidos, a droga atrapalha as conexões entre os neurônios em uma fase crítica da formação cerebral. 

Apesar de não ter encontrado indícios de que o uso de maconha durante a gravidez aumente o risco de aborto, a equipe de cientistas britânicos e neozelandeses constatou que usuárias de maconha que mantiveram o hábito durante a gravidez deram à luz bebês menores.

Na média, os filhos de mulheres que fumaram maconha pelo menos uma vez por semana durante a gestação nasceram com 216 gramas a menos do que bebês de mães não-usuárias. (Mais de 12 mil mulheres participaram do estudo. )"

E EU VI A FOTO DO SEU BEBÊ, ACHEI ELE BEM PEQUENO, E ISSO ME DESPERTOU A CURIOSIDADE, MAS NEM VOU COMENTAR QUEM ME CONTOU ISSO, PRA NÃO EXPOR VOCÊ!

A mensagem que posso deixar pra você: independente de a maconha fazer mal ou não para o feto, é bom evitar fazer o uso de qualquer substância que pode trazer algum malefício à criança no período da gravidez, seja fumando, bebendo, ou se alimentando mal.

Acho que não custava nada você se manter afastada do vício por um tempo, te conheço a muito mais tempo do que todo mundo aqui sabe, e quero muito bem pro(a) seu(sua) filho(a).

Deus, que esse bebê tenha muita saúde pra toda vida.

Amém.

Fonte de pesquisa:
G1
BBC Ucrânia
Cabeça Ativa

15 de fevereiro de 2013

Sem volta ao trabalho

Boa noite people! E aí, estão gostando das postagens da nossa nutricionista? Qualquer dúvida ou sugestão, não hesitem em nos contatar!

Vamos às novidades: Acabo de voltar de São Paulo, terra da enchente garoa, cidade que eu adoro (só a região do Jabaquara e Ibirapuera, o resto me traz más/boas lembranças que doem muito.

Fui até lá pra pedir minha demissão, foi uma decisão pensada depois de ver que não vou conseguir deixar meu pimpolho tão novinho aos cuidados de uma babá, ou numa creche (mesmo porque, acho que não existe creche pra bebês, seria berçário?)

A moça do RH (que não terá apelido, porque era tão sem viço que não me chamou atenção em nada) perguntou: "Você está morando em Mongaguá, né? Ta gostando de lá?"

Eu troquei isso:


Por isso:


E troquei isso:


Por isso:



Será que estou feliz?

"Mas Ludmila, e o salário? Vai ficar sem trabalhar? Vai ser sustentada pelos seus pais?"

Bom, segundo meu pai devo ficar sem trabalhar por um ano só pra curtir o Vic (conheço pessoas que sonham em ser sustentadas pelos pais, mas essa não sou eu, gente)

Já to aqui cheia de idéias na cabeça pra começar um negócio próprio, estou só esperando o Vic ficar mais espertinho pra arregaçar as mangas e começar meu novo empreendimento.

Não vou contar a vocês por enquanto por causa do olho gordo (nada pessoal, mas vocês sabem né? Assim como vocês leem porque me amam, uns leem porque me odeiam e querem ter náuseas rsrs)

Vou encerrando por aqui, estou meio "coisada"*

Beijos!

PS: Ao escrever esse post me deparei com duas dúvidas ortográficas: Contactar ou Contatar? O certo é mesmo contatar, pois contactar é português de Portugal. E Leem ou lêem? O certo é leem, pois na nossa nova ortografia o acento sumiu. Ou seja, MEU DEUS EU NÃO SEI MAIS ESCREVER!

*Coisada = Palavra que serve pra estados de espírito ruins. Ex: Triste, entediada, mau humorada, etc, mas coisada é a melhor palavra pra hoje.

Nutrição: Comer por dois?

Por Claudia Luques.

Venho hoje fazer nossa segunda publicação sobre Nutrição! E para seguir a ordem cronológica, falarei um pouquinho sobre mitos e verdades sobre alimentação das mamães.

Tenho certeza que todas vocês já ouviram falar que toda gestante “pode comer por dois”. Devemos acreditar nisso ou não?

O fato é que a mulher modifica seu metabolismo para poder gerar o bebê, porém, isto não significa que ela deve manter a ingestão de alimentos, ou seja, nutrientes, vitaminas e minerais nas mesmas quantidades, mas também isso não deve ser o dobro como muitas pessoas acreditam (DRI, 2002).

Há riscos para a saúde da mãe e do bebê quando o ganho de peso é acima do esperado. Alterações fisiológicas podem ocorrer como a diabete gestacional, dificuldades no parto, riscos para o filho após o nascimento, o chamado bebê gigante (macrossomia), obesidade infantil, problemas na formação do tubo neural e alteração no índice de Apgar, sendo ele o índice que é avaliado no recém nascido nos primeiros minutos de vida (PICCIANO 1997).

O oposto também se aplica, a gestante quando ganha peso insuficiente pode apresentar problemas no crescimento do feto, assim como riscos de mortalidade do bebê durante a gestação, após o nascimento e na infância (PICCIANO 1997).

As necessidades de energia variam conforme a idade da mãe, nível de atividade física e período de gestação. Conforme a semana de gestação, a mãe pode ganhar um limite mínimo e máximo de peso (OMS, 2007). Porém, uma informação muito importante é que a gestação NÃO deve ser um período para emagrecimento, pois a quantidade de nutrientes ingeridos pode não atingir as necessidades da mãe e do filho. Tão importante quanto o peso durante a gestação é o peso antes dela. O ideal seria que a ingestão alimentar fosse adequada antes mesmo da gravidez, para que assim, a mãe não inicie a gestação com um peso abaixo ou acima do esperado.

Outra informação é sobre a suplementação de ácido fólico neste período. Esta suplementação é necessária para a prevenção de deformidades no tubo neural do bebê. Este suplemento e fornecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS), gratuitamente, assim como o sulfato ferroso, importantíssimo para prevenir a anemia na gestação. Caso haja dúvidas consulte seu médico para maiores informações.

(alimentos ricos em ácido fólico, também entram nessa lista, 
o fígado, laranja, ovos e todas as verduras verde-escuro)

Foi um imenso prazer publicar no blog mais esta semana. Espero que tenha ficado claro o quanto é importante suprir as necessidades nutricionais da mãe, porém são necessidades individuais que devem ser acompanhadas e orientadas por um profissional nutricionista.

Para a semana que vem conversaremos um pouco sobre amamentação!

Uma ótima semana a todos! Até a semana que vem.

Um forte abraço,

Cláudia Beneton Luques (CRN 29478)

13 de fevereiro de 2013

Fotos deste mês

Só algumas, viu? Não adianta pedirem mais! hehehe

(Encantado com o Home Theather do tio-avô dele)

(Com o primo 5x maior que ele, Hyram)

(Assistindo a abertura da novela Salve Jorge)

(- Mãe, chegaa de foto)

(Segura, bebê!)

(Filho, seu pé já foi do tamanho do meu dedo indicador...)

(E sua mão, menor que a minha palma!)

(Treinando a musculatura do pescoço)

(Zoiudinho da mamãe)

(Será que só eu acho ele lindo, ou ele é lindo mesmo? Comentem!)

(Adivinha o que eu to fazendo?)

(Essa dobrinha cheira maravilha!)

Beijos, meus amigos!